<
>

UFC: Dana White revela que ainda não tem planos de tirar título de Jon Jones

play
McGregor contra Masvidal ou Ferguson? Cormier e Ariel Helwani discutem possíveis próximas lutas no UFC (2:17)

Discussão se estendeu até a situação de Jon Jones (2:17)

Jon Jones segue com futuro indefinido no UFC. O campeão dos meio-pesados (93 kg) da organização iniciou uma briga com o presidente Dana White por questões salariais na franquia e ameaçou não atuar mais. E mesmo sem data para retornar ao cage, o americano parece que não corre risco de perder a sua posição.

Em entrevista ao canal do Youtube ‘Barstool Sports’, Dana White explicou como está a situação do americano. Conforme o dirigente, o panorama envolvendo um retorno de Jon Jones ainda não tem uma atualização e não existe a possibilidade da remoção do lutador do posto de campeão da categoria.

“Você sabe tanto quanto eu sei. A última vez ele disse: ‘Eu não estou lutando’. Ele ainda não está lutando, então estamos sentindo isso. Quando chegar a hora de ele lutar, veremos (o que acontece)”, disse o presidente da organização, antes de revelar se já cogitou tirar o cinturão do americano.

“Ainda não”, completou.

O imbróglio entre as partes começou quando a negociação para o americano encarar Francis Ngannou, em duelo que marcaria sua estreia entre os pesos-pesados, foi frustrada por, de acordo com o mandatário da liga, um pedido exorbitante de bolsa por parte de ‘Bones’. Ele, por sua vez, negou tal versão.

O veterano não luta desde fevereiro deste ano, quando derrotou Dominick Reyes por decisão unânime dos jurados no UFC 247. Jones, que conquistou o cinturão da divisão em 2011 e o perdeu na sequência por duas vezes, 2015 e 2017, por questões extra octógono, reconquistou seu posto pela última vez em dezembro de 2018 ao nocautear Alexander Gustafsson.

Após esse duelo, ele já defendeu seu posto em outras três oportunidades, superando Anthony Smith, Thiago ‘Marreta’ e Dominick Reyes.