<
>

Werdum se nega a fazer sparring com Tyson 'para não apanhar de graça' e prevê: 'Volta como campeão que sempre foi'

play
Werdum elogia preparação e vê Tyson voltando 'como o campeão que sempre foi' (0:54)

Tyson está treinando com Rafael Cordeiro, mestre de Werdum (0:54)

Nesta quinta-feira, Mike Tyson anunciou seu retorno aos ringues. O ex-campeão do peso pesado irá enfrentar Roy Jones Junior em uma luta de exibição, com oito rounds, no dia 12 de setembro.

Tyson, que tem atualmente 54 anos e um cartel de 50 vitórias e seis derrotas na carreira, não luta desde 2005, quando perdeu para Kevin McBride.

Para se preparar para o retorno, americano tem treinado com o lendário técnico Rafael Cordeiro. O brasileiro também é técnico de Fabricio Werdum, que irá lutar no próximo sábado pelo UFC e bateu um papo exclusivo com o ESPN.com.br e falou sobre a volta do amigo Mike aos ringues.

"Ele está se preparando muito bem, pelo que eu vejo nos treinos com o mestre. É praticamente diário. Ele chama o mestre para tudo, para assistir as lutas, para treinar, para tudo. É muito impressionante a transformação que ele faz. Ele está colocando a bandagem, a expressão dele já muda. Não acredito que ele vá vir para muitas lutas, é mais uma exibição, né? Mas é uma exibição que está valendo", disse.

"É uma exibição, mas o soco está valendo, né? Acho que ele volta para uma luta, não sei como seria, mas acho que ele volta como sempre foi, um grande campeão."

Werdum também revelou que não faria um sparring de boxe com Tyson, caso fosse convidado pelo lutador ou por Cordeiro.

"Essa parte do sparring eu vou deixar para o pessoal do boxe, né? Pelo que eu vi lá, que o mestre tá treinando ele faz um tempo, acho bem difícil fazer um sparring com o Tyson, é realmente impressionante. Conheço o Tyson muito bem, tenho um bom acesso na Tyson Range, me connvido para ir lá sempre, já viajei com o Tyson para Miami para fazer umas presenças. Não faria, não. Não quero me machucar, não. Realmente é uma pancada. É um grande campeão, é um cara diferenciado, é o Mike Tyson, entendeu? Quem não conhece o Mike Tyson? É muito difícil alguém que não conheça o Mike Tyson", comentou.

play
1:43

Werdum rejeita sparring com Tyson: 'Não quero apanhar de graça'

Lutador brasileiro falou sobre a volta de Mike Tyson à ESPN

"Vou falar a real, não faria não. Só no boxe fica ruim, se for no MMA para fazer alguma brincadeira eu ia no calcanhar dele, derrubar ele no calcanhar. Só no boxe não tem como, fica ruim. Realmente é uma pancada diferente, eu não iria porque sei que iria me machucar, ainda mais com a porrada que ele tem. Ele é meu amigo, ele não ia querer me machucar, mas treino é treino, né? Se acontecesse um sparring ele ia bater firme. Se ele bater uns 50% já machuca."

Se não treinou ou não treinaria com Tyson, Werdum já teve uma experiência parecida. Em 2017, os dois participaram das filmagens de "Kickboxer: Relatiation", um filme que contou com diversas estrelas da luta e do esporte.

Na ocasião, Tyson quase quebrou o nariz de Werdum durante uma das gravações.

"Aconteceu sim. Ele me deu um soco na pélvis, no osso da pélvis, e me deu um soco no nariz que passou raspando. Se pegasse quebraria certo. É normal porque a gente não tem essa manha de ser ator, da distância. O dublê também não explicou muito bem para gente. Foi em Las Vegas, depois a gente gravou de novo na Tailândia. A gente gravou em dois lugares diferentes. Foi bem legal essa experiência de gravar com o Tyson e com um cara que eu também via muito, o Dragão Branco, o Van Damme. Foi uma experiência muito legal", relatou.

play
1:54

Werdum relembra quando Tyson quase quebrou seu nariz durante filmagens em Las Vegas

Lutadores participaram das filmagens de 'Kickboxer: Retaliation' em 2017

"Tava o Ronaldinho também, o Wanderley (Silva), o Roy Nelson, o mestre Cordeiro também foi, Babaloo também foi. O filme não foi um sucesso espetacular, mas pela experiência valeu a pena. E na parte financeira também (risos). Quem não assistiu o Dragão Branco quando criança? E ter essa experiência de filmar com ele e ele ainda te dar uns toques... 'Werdum, faz assim, faz assado, faz desse jeito que você vai se dar bem'. Imagina, isso é muito legal."

Por fim, Werdum também revelou uma história de bastidores com Van Damme, ator principal do filme.

"Uma situação que aconteceu que eu vou contar aqui, nunca contei isso, que foi legal que o principal do filme estava fazendo a cena com ele e eu estava junto, estávamos só os três. Ele deu um chute na barriga do principal do filme, mas, assim, muito forte. O cara começou a suar frio. Não sei se ele errou a distância ou se foi de propósito, mas eu pensei na hora ali 'se ele faz isso comigo, eu ia ficar louco com o Van Damme'. Ia ficar ruim para ele. Ele deu na fé mesmo, ele fez para ficar bem real a cena e realmente ficou (risos)".

play
1:57

Werdum revela história de gravação com Van Damme: 'Ele deu um chute em outro ator que se é comigo...'

Werdum e Van Damme participaram das gravações de 'Kickboxer: Retaliation' em 2017