<
>

UFC 251: Vanessa 'Miss Simpatia' luta contra a saudade para garantir o futuro da filha

play
Jessica Bate-Estaca fala sobre preparação em fuso horário 'diferente' de Abu Dhabi (2:18)

Jessica Bate-Estaca irá participar do UFC 251 na Ilha da Luta, no sábado (11) (2:18)

Competir a milhares de quilômetros de distância de casa, em meio à pandemia do novo coronavírus, pode mexer com a cabeça de qualquer pessoa. Ainda mais quando se é obrigada a deixar para trás sua filha de dois anos e oito meses de idade, como é o caso de Vanessa ‘Miss Simpatia’ Melo, que embarcou rumo à ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), onde encara Karol Rosa, no UFC 251, em busca de sua primeira vitória pela entidade.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, Vanessa – que mora com os pais e a filha em São Paulo – explicou que, apesar da preocupação natural, tem confiança de que tanto seus pais, ambos do grupo de risco para COVID-19, quanto a pequena Aysha estarão bem protegidos dos perigos do vírus. Ainda assim, um outro fator atormenta a lutadora, que compete no peso-galo (61 kg) do UFC.

Assim como em sua estreia pelo Ultimate, quando competiu no México, Vanessa precisará passar alguns dias longe da herdeira, o que traz uma saudade difícil de explicar para quem não é mãe. Para remediar a situação, além de saber que sua filha estará bem cuidada durante o período em que ficará afastada, ‘Miss Simpatia’ destaca a vontade de vencer dentro da principal organização de MMA do planeta para garantir um futuro melhor para a pequena Aysha.

“Eu sei que ela vai estar bem cuidada, mas é uma saudade que chega a apertar o coração. O bom é que ela já ficou (longe de mim) outras vezes. Quando eu estreei no UFC, que foi no México, eu fiquei uma semana longe dela. Antes dessa luta, eu tinha feito uma luta na China, e eu tive que passar dez dias na China. É uma saudade que a gente não controla, porém é uma coisa que eu faço para ela. É para garantir o futuro da minha filha, as coisas dela. Quem me colocou no UFC, além de Deus, foi a minha filha. Ela me dá forças, tudo que eu faço é para ela. Claro que também é para mim, mas ela sempre vem em primeiro lugar. Mas é uma saudade que dói”, revelou Vanessa, antes de completar.

“E parece que ela prevê, porque ela veio dormir comigo de madrugada, estava meio chorona. Hoje ela já falou para a minha mãe: ‘A mamãe foi treinar, mamãe vai lutar’. Ela tem dois anos e oito meses, ainda não tem a noção, mas é uma coisa que infelizmente faz parte do meu trabalho, mas é por um bem maior. E eu acho que isso equilibra as coisas, saber que é por um bem maior equilibra com a saudade. Uma saudade saudável e o bem maior que é o futuro dela. Eu sei que ela está bem cuidada, que ela está saudável, que ela se alimenta bem, não está saindo para a rua, não corre o risco de pegar nada, meus pais também não. Então, isso me tranquiliza mais”, explicou ‘Miss Simpatia’.

Com duas derrotas em suas primeiras apresentações pelo Ultimate, Vanessa Melo encara a jovem promessa da ‘PRVT’ Karol Rosa, em duelo válido pelo card preliminar do UFC 251, marcado para o próximo sábado (11), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. Uma vitória pode trazer tranquilidade para que a lutadora paulista siga trilhando sua trajetória dentro da organização em busca de um futuro melhor para sua filha.