<
>

Wanderlei responde Belfort e pede data para revanche: 'Quem vive de passado é museu'

play
Dana White explica como UFC fechou duelo entre Usman e Masvidal: 'É a luta que as pessoas querem ver' (1:05)

Luta pelo cinturão dos meio-médios será evento principal do UFC 251 (1:05)

A rivalidade entre Wanderlei Silva e Vitor Belfort segue a todo vapor.

Nesta segunda-feira, Vitor usou o Instagram para provocar o Cachorro Louco e chamá-lo de medroso e dizer que "será um prazer dar uma lição em Wanderlei outra vez".

Também pela rede social, o curitibano respondeu às provocações e ainda pediu uma data e local para revanche.

"Esse cara é o maior 'corrido' da história. Não tem coragem de lutar comigo, frouxo", postou Wanderlei em seu stories.

"Não vai dar essa sorte de novo, bunda mole. Quem vive de passado é museu. Manda a data e o local, filho da p***", finalizou Wand, antes de Belfort voltar a provocar.

"Museu é para admiração de grandes feitos, só uma lembrança, mas essa lição parece que não aprendeu. Relaxa, a vida de um homem não pode ser em torno do que ele representa no seu trabalho, mas sim nos grandes feitos realizados na vida particular e com os demais a sua volta", postou Vitor.

Os dois seguem se provocando tentando promover uma revanche.

Rivalidade eterna

A revanche entre Wanderlei Silva e VItor Belfort é cogitada praticamente desde que os dois se enfrentaram pela primeira vez, em 1998. Por pelo menos três vezes, eles ficaram próximos de realizar o confronto de novo, mas ele nunca saiu do papel.

O clima entre os dois voltou a esquentar muito nos últimos dias, depois de Vitor ter acusado Wanderlei de mentir sobre uma possível proposta para enfrentar Mike Tyson e já deixar no ar um desafio para o reencontro.

"Tyson nunca recebeu oferta do falastrão Wand. Ele quer virar notícia usando fake news. Pode se preparar pra mais uma surra. Se você ainda tem neurônios funcionando direito, aprenda a palavra RESPEITO. Dá uma olhada nesse vídeo. Da próxima vez, vai K.O com cruzado e direto", postou nas redes sociais.

Wanderlei Silva, claro, não deixou barato.

"Quem é ele para falar pelo outro? Ele não é ninguém para falar pelo outro. E outra coisa, para falar de mim, ele está falando um monte de m***, se ele me encontrar vai querer me estender a mão, porque ele é um falso. Mas nessa ele pode tomar um soco na boca, porque eu não sou falso. Ele sempre fala que tem que ser profissional. Não tem essa. Antes de tudo eu sou homem. Antes de ser lutador, sou homem. Se ele está falando m**, então aguente e me mande o contrato para lutar", disse em entrevista à Ag. Fight.

"Ele falou para fazer no meu evento, então eu faço no evento dele. Quer fazer no boxe, eu faço no boxe. Quer fazer num evento de MMA, eu faço em um evento de MMA. Eu faço onde ele quiser. Ele corre de mim há 20 anos e vem querer falar. Já era pessoal, agora virou mais pessoal. Se você me ver, atravessa a rua, porque eu vou bater na sua cara, no ringue ou na rua. Com bolsa ou sem bolsa, que eu vou bater nele, eu vou. Não me interesse aonde e não interessa quando. Já já eu encontro ele", completou.

Vitor Belfort respondeu chamando o rival de b*** mole.

"Wanderlei Silva, seu falastrão! Aí segue o vídeo da última vez que nos encontramos. Você sempre representou a briga, e eu, a arte marcial. Você literalmente representa esses bullies que maltratam seus colegas. Mas comigo não funciona não, seu b*** mole. Todos sabemos que por trás daqueles que ferem, existe sempre uma pessoa ferida. Por isso vou te dar uma terapia de graça, depois de te dar um nocaute. Vai treinar e para de produzir fake news. Além do mais, aqui vai uma dica pra você: esquece de política, Wand. Você com certeza não tem cérebro pra isso, não", postou em sua conta no Instagram, junto ao vídeo do primeiro encontro entre os dois, em 1998, que acabou em um nocaute de Belfort em menos de um minuto.

E Wand ainda havia falado por último, dizendo que Belfort mandar o contrato para marcar a tão esperada revanche.

“Desafio aceito! Já resolvi tudo aqui em Curitiba, agora posso voltar a correr atrás de você. Luto no seu evento, nas suas regras. Escolha a data e o dia logo. Ou quer fazer a moda antiga, só eu e você a portas fechadas? Tem coragem, frouxo?”, postou Wanderlei.

“Me mande o contrato, filho da p***. Acho bom essa luta sair logo antes que eu te bata de graça”, completou em uma publicação nos stories.

Wanderlei Silva ainda aproveitou para contar uma história de um encontro entre os dois em Las Vegas, quando Vitor Belfort teria sido intimidado por ele.

“Se me ver por aí, faça como fez aquele dia em Las Vegas, quando te dei uma intimada no corredor do hotel e você amarelou. Thiago Silva (lutador ex-UFC) estava comigo e viu tudo. Você, como sempre, começou a falar fino, com cara de medo. Seu b*** mole.”, postou.

Ver essa foto no Instagram

Daí @vitorbelfort ???? "Desafio" Aceito ! Já resolvi tudo aqui em Curitiba, agora posso voltar a correr atrás de vc corrido , luto no seu evento , nas suas regras , escolha a data e o dia "Logo" Se me ver por aí , faça como fez aquele dia em las vegas , quando te dei uma intimada no corredor do hotel red rock café , e vc amarelou , @thiagosilvamma tava comigo viu tudo , e vc como sempre , começou a falar fino , com cara de medo , seu bunda mole , . Ou quer fazer a moda antiga , só eu e vc a portas fechadas ? Tem coragem froxo? . Send the location MDF , e não me venha com esse papo de "profissionalismo " , q antes de ser lutador sou homem , coisa q vc não è ! . E como dizia meu pai " Com Homem não se brinca " vc tá ligado , q se te encontrar posso meter a mão na tua cara , pelo monte de besteira q está falando , "guerreiro do teclado" ! Já já a gente se cruza fica tranquilo ! Desculpa os mais "sensíveis " mais sou assim mesmo aqui só os extremos !

Uma publicação compartilhada por Wanderlei Silva (@wandfc) em

No último dia 29, Wanderlei voltou a provocar Belfort após o lutador postar uma foto mais forte do que nos tempos de UFC.

"Acho bom que treine pois vou te pegar! Pode tomar o que quiser, seu b***. Vitor Belfort, cadê o contrato? Frouxo. PS: esse Photoshop ficou ridículo", escreveu Wand.