<
>

UFC 250: Quem é Felicia Spencer, a professora de álgebra que tentará surpreender o mundo e tirar um cinturão de Amanda Nunes

Aos 30 anos de idade e com apenas nove lutas no MMA (8 vitórias e uma derrota), a canadense Felicia Spencer tem neste sábado, no UFC 250 em Las Vegas, o maior desafio da carreira.

Ela faz a luta principal do evento diante de ninguém menos do que a maior de todos os tempos: Amanda Nunes, que põe em jogo seu cinturão dos penas do UFC.

Spencer reconhece que seja 'zebra' para vencer Amanda neste sábado, mas ela se mostra confiante para resolver mais esse problema em sua vida.

Afinal, parte de sua vida é resolver problemas.

Até o mês passado, Spencer era professora de álgebra da sexta série em uma escola virtual na Flórida. E o que é mais difícil: uma equação ou vencer Amanda Nunes?

"Depende da equação eu acho", respondeu Spencer, aos risos, em coletiva na quinta-feira. "As habilidades…as pessoas não sabem que eu era professora de álgebra até o mês passado. A razão pela qual eu era professora é porque não importa a matemática, é sobre a capacidade mental de ver um problema e decifrar. Isso traduz na luta também".

"Eu acho que tenho uma boa compostura e quando eu estou bem composta, posso ver o problema e achar a solução, me adaptar. Eu consigo ver o problema, modificar e melhorar. Então eu acho que é meio que igual ao que vou enfrentar, esse treinamento de resolver problema mentais", completou Spencer.

Nascida em Montreal, ela começou nas artes marciais aos quatro anos de idade. Mas na adolescência começou a levar o MMA a sério e se mudou para a Flórida para competir. Após se formar na Universidade da Flórida Central, a canadense teve sua primeira luta profissional aos 25 anos.

Ela já começou no Invicta e foi campeã da organização em 2018, quando o UFC a contratou. Spencer tem sua única derrota no MMA diante de Cris Cyborg.

Amanda Nunes não perde desde 2014, com dez vitórias seguidas no UFC. A brasileira tenta se tornar a primeira pessoa na história a defender dois cinturões simultaneamente. E a canadense quer certificar de que a história esteja do lado dela.

"Eu estou empolgada com essa oportunidade. Eu sei da competência dela (Amanda) e acredito que ela não me subestima. O mundo me subestima mais do que ela. Acho que ela espera uma boa lutadora na frente dela. Infelizmente ela vai estar lutando contra mim e eu vou tentar não deixar ela fazer história ao defender dois cinturões de forma simultânea. Espero não deixar isso acontecer no sábado".

Veja abaixo o card completo do UFC 250.

CARD PRINCIPAL:
Peso-pena: Amanda Nunes x Felicia Spencer
Peso-galo: Raphael Assunção x Cody Garbrandt
Peso-galo: Aljamain Sterling x Cory Sandhagen
Peso-meio-médio: Neil Magny x Anthony Rocco Martin
Peso-galo: Eddie Wineland x Sean O'Malley
CARD PRELIMINAR:
Peso-pena: Alex Caceres x Chase Hooper
Peso-médio: Ian Heinisch x Gerald Meerschaert
Peso-galo: Cody Stamann x Brian Kelleher
Peso-médio: Charles Byrd x Maki Pitolo
Peso-mosca: Jussier Formiga x Alex Perez
Peso-meio-pesado: Alonzo Menifield x Devin Clark
Peso-casado (até 68kg): Herbert Burns x Evan Dunham