<
>

Marlon Moraes diz querer luta contra Dominick Cruz: 'F***-se o ranking'

play
Jon Jones abriu mesmo mão de cinturão do UFC? Cormier acredita que sim (0:58)

Irritado com Dana White, Jones afirmou que abandonará cinturão (0:58)

Mesmo sendo o atual contender número 1 dos galos no UFC, o brasileiro Marlon Moraes vive uma situação inusitada na sua carreira.

Com a aposentadoria de Henry Cejudo e o cinturão da categoria ficando vago, alguns esperavam que ele pudesse lutar pelo título da categoria, mas segundo o combate será entre José Aldo e Petr Yan.

Apesar de nenhum dos melhores ranqueados da categoria estar disponível, Marlon tem um adversário em mente: Dominick Cruz.

"Eu tenho muito respeito por ele. Na minha opinião, ele é um dos melhores de todos os tempos. O timing é perfeito. Ele acabou de vir de uma disputa de cinturão, perdeu, mas Dominick é uma lenda. Todos querem lutar com ele. Eu pensei que ele lutaria com o Aldo, mas ele disse que não tem oponente e não quer aposentar. Então por que não lutar com ele?", disse Marlon, ao site "MMAFighting".

"Eu sou o número 1 do ranking, se vou arriscar, por que não arriscar contra um cara como ele? Espero que ele aceite essa luta. Se não, vou aceitar lutar com qualquer um. Seria uma grande luta e nos colocaria numa boa posição", completou.

De fato, no momento nenhum dos tops da categoria está disponível. Aldo (6 do rankings) enfrentará Yan, Sterling (2) luta contra Cory Sandhagen (4) no UFC 250. Raphael Assunção (5) encara Cody Garbrandt (9) neste fim de semana, enquanto Pedro Munhoz (7) irá entrar no cotógono contra o estreante na categoria Frankie Edgar.

Cruz retornou da aposentadoria apenas para enfrentar Cejudo e foi derrotado.

"F..-se o ranking. É Dominick Cruz. Eu quero lutar contra ele. Faz sentido. Façam essa luta e será ótimo. Digo a vocês que vou lá para finalizar. Vou finalizar meu próximo rival. Eu quero vencer Dominick Cruz e mostrar quem é o melhor peso galo do mundo", finalizou.