<
>

Jon Jones 'pediu dinheiro nível Deontay Wilder' para lutar com Ngannou, revela Dana White

play
Dana White revela planos para o futuro de Jon Jones e dá ultimato sobre grana pedida para lutar com Ngannou (1:18)

Presidente do UFC comentou a possibilidade do lutador enfrentar Jan Blachowicz ou Dominick Reyes (1:18)

Para uma luta que não irá acontecer, parece que só se fala em Jon Jones x Francis Ngannou. A possibilidade dos dois se enfrentarem nos pesos pesados mexeu muito com o mundo da luta e nesta sexta-feira quem se posicionou foi Dana White.

O presidente do UFC rebateu as acusações de Jon Jones, que disse que era a organização quem estava dificultando as negociações para que o duelo acontecesse. Dana já havia falado que Jones pediu uma "quantidade absurda" de dinheiro e o lutador rebateu chamando White de mentiroso.

Dana ainda não revelou a quantia pedida por "Bonny", mas deu uma ideia do quanto em entrevista coletiva antes do UFC Fight Night deste sábado (30), em Las Vegas.

"Eu vou citá-lo e citar o que ele disse ao me advogado. Ele falou ao meu advogado que queria ser pago igual Deontay Wilder foi pago", comentou White. "Acho que Deontay Wilder recebeu U$ 30 milhões (R$ 160 milhões)."

Foi divulgado que Wilder recebeu U$ 5 milhões pela luta com Tyson Fury na disputa do cinturão do peso pesado do boxe, mas seu pagamento garantido era de mais de U$ 25 milhões com o dinheiro obtido através de pay-per-view.

play
1:15

Dana White destaca legado de Jon Jones, imagina o que lutador poderia ter feito a mais e crava: 'É o maior de todos os tempos'

Presidente do UFC elogiou toda a carreira do lutador norte-americana

Jon Jones respondeu novamente, dizendo que os comentários de Dana foram "pura besteira". White se defendeu.

"Nós temos mensagens de Jon Jones. Não é como se eu não conseguisse provar o que estou falando. Temos mensagens, mas não vou fazer isso. Não vou divulgar para a imprensa", finalizou.