<
>

Khabib faz aniversário como campeão do UFC e já tem mais de quatro anos tentando enfrentar Ferguson

play
Antes do UFC 249, Khabib Nurmagomedov chama Tony Ferguson de estúpido: 'Eu não sou o coronavírus' (0:39)

Realização da luta ainda é incerta devido à pandemia, e lutador americano havia provocado o russo (0:39)

Há exatos 2 anos, em 7 de abril de 2018, Khabib Nurmagomedov vencia o cinturão pela primeira vez em sua carreira no UFC. O russo venceu Al Iaquinta por decisão unânime no UFC 223 na luta que ficou marcada por ser a quarta vez em que Khabib e Tony Ferguson tinham combate marcado, mas o duelo não aconteceu.

Tudo começou em 2015, quando Khabib e Ferguson iriam lutar no card do Finale da 22ª temporada do The Ultimate Fighter, mas o russo desistiu dois meses por conta de uma lesão na costela. A luta foi novamente casada em 2016 quando os lutadores iam se encontrar no UFC on FOX 19, mas foi a vez do americano cancelar o combate: 11 dias antes de subir ao octógono, Ferguson foi internado com uma doença que fez com que seu pulmão absorvesse líquidos e sangue.

Em 2017, a luta estava marcada para o UFC 219 e foi cancelada dois antes porque Khabib teve complicações de saúde durante o corte de peso, o que ficou conhecido como "Tiramisu-Gate", uma referência ao Watergate, escandâlo que derrubou Richard Nixon da presidência dos Estados Unidos. Na época, informações deram conta de que um tiramisu teria sido o responsável pelos danos ao russo - o treinador de Khabib, porém, desmentiu a notícia semanas depois.

O UFC 223, então, era a grande esperança de finalmente vermos Nurmagomedov e Ferguson frente a frente no ringue, mas novamente a luta foi cancelada. Seis dias antes da luta, Ferguson tropeçou em um cabo de uma câmera durante uma entrevista coletiva e rompeu um ligamento do joelho, ficando impossibilitado de lutar - e não seria a última vez. Os dois lutadores deveriam se enfrentar no próximo dia 18 no UFC 249, mas Khabib não consegue deixar a Rússia por conta da pandemia de coronavírus.

Sem Ferguson, a luta casada foi entre Khabib e Max Holloway. O campeão dos pesos pena, porém, foi impedido de disputar o combate no dia anterior ao evento por condições médicas após o corte de peso. O UFC, então, marcou a luta contra Iaquinta.

O americano bateu acima do peso e, portanto, apenas Khabib podia sair do ringue com o cinturão e foi o que aconteceu. Com uma performance dominante durante os cinco rounds, o russo venceu por decisão unânime dos juízes: 50-44, 50-43, 50-43.