<
>

Valentina sai em defesa de Jon Jones e afirma: "Ele vai voltar mais forte"

Na última quinta-feira (26) foi divulgada mais uma prisão de Jon Jones. O lutador foi detido por estar dirigindo bêbado, entre outros agravantes, e passou a ser alvo de duras críticas por parte de alguns lutadores do UFC. Mas uma atleta da organização em especial foi contra esse discurso e fez questão de mostrar solidariedade ao americano.

Através das suas redes sociais (clique aqui ou veja abaixo), Valentina Shevchenko, atual campeã do peso-mosca (57 kg) da franquia, saiu em defesa do campeão dos meio-pesados (93 kg). A atleta atacou quem busca ofender o veterano sem entender o que realmente aconteceu, elogiou ‘Bones’ como pessoa e revelou sua torcida para que ele supere isso logo e volte mais forte.

“Tão triste que o mundo moderno é tudo sobre hype. Agora, muitas pessoas começam a insultar Jon Jones sem saber sua situação real. Lutando no mesmo evento, pude ver que ele é um homem gentil e nobre. Ele passando por todos esses momentos difíceis – ele voltará mais forte”.

Assim escreveu a atleta, que em fevereiro deste ano esteve em ação no UFC 247, superando Katlyn Chookagian. Neste mesmo show, Jones derrotou Dominick Reyes.

Solto após pagamento de fiança, Jon Jones ainda deve responder sobre o caso. Reincidente, o americano já havia sido preso em 2012, quando foi flagrado dirigindo embriagado após colidir seu carro no estado de Nova York. Três anos depois, o veterano do UFC fugiu de uma batida de carro deixando em seu veículo uma pequena quantidade de maconha, desta vez no estado do Novo México.