<
>

Vídeo mostra Jon Jones sendo abordado pela polícia, mal conseguindo andar e tentando se justificar: 'Levo socos na cabeça para sobreviver'

play
Ex-lutador do UFC, Mirko 'Cro Cop' publica vídeo treinando com o filho mais velho (0:52)

O atleta croata deixou a organização em 2011, tendo retornado ao mundo das competições mais três vezes antes de se aposentar em definitivo (0:52)

Um vídeo obtido pelo site "MMA Fighting" junto à polícia de Albuquerque mostra Jon Jones no momento em que foi abordado por dois oficiais locais na última quinta-feira, onde o campeão dos meio-pesados do UFC foi preso por dirigir embriagado e por porte de arma de fogo.

O relatório da polícia diz que Jones foi reprovado nos testes de sobriedade e que sentiam cheiro de álcool vindo da região facial do lutador.

"Eu tenho déficit de atenção. Eu levo socos na cara para sobreviver", tentou justificar Jones, de 32 anos.

O vídeo também mostra o lutador tentando se justificar falando que sofre de perda de memória.

"Eu tenho perda de memória a curto prazo. As pessoas não sabem disso, mas é bem ruim", diz Jones.

"Eu fiquei louco. Eu fui parado por ser legal com mendigos. É a primeira vez que dirijo em duas semanas. Eu vi esses mendigos, estava sendo legal com eles, conversando. Tratando-os como humanos", explica o astro.

Jones foi slto da prisão horas depois após pagamento de fiança. Ele tem julgamento marcado para o dia 8 de abril.