<
>

Mike Tyson abre o jogo, diz que não tem medo de morrer e desabafa: 'A fama é uma m***'

play
Isolamento? Só de humanos! Mike Tyson mostra o amor que tem por seu cachorro Mars Tyson (0:06)

Lendário pugilista publicou o vídeo em sua conta oficial no Instagram (0:06)

Mike Tyson, um dos maiores pugilistas de todos os tempos, concedeu entrevista ao portal "The SPortsman", da Inglaterra, em que garantiu não ter medo de morrer.

O ex-campeão mundial de pesos pesados lembrou os tempos de carreira, sem entrar em detalhes das polêmicas que se envolveu, e disse que morrer nunca passou pela sua cabeça enquanto atleta.

"Sabia que existia a possibilidade de morrer durante um treino, durante uma luta, mas nunca tive medo. Essa confiança em mim mesmo era um mecanismo de sobrevivência. Mas agora, com a minha experiência, pelo que acredito, quanto mais sei sobre nossa existência, mais disposto estou a morrer", afirmou.

"Não tenho medo, viver era mais complicado do que morrer para mim. Viver exige muito mais coragem. Sem coragem, não pode controlar sua própria vida. Viver é uma viagem, uma luta", filosofou o ex-boxeador americano.

Tyson também comentou sobre a fama que o acompanha desde meados da década de 1980, quando entrou no mundo do boxe, até hoje, 15 anos após pendurar as luvas.

"Levamos a fama muito a sério. As pessoas acreditam que somos alguém, mas não somos nada! Acreditamos que somos especiais. A fama é uma m***", disse.

Tyson disputou 58 lutas em sua carreira e detém um retrospecto impressionante, com 50 vitórias, sendo 44 por nocaute. Além dos títulos, ficou marcado pelo combate de 1997 com Evander Hollyfield, quando mordeu a orelha do oponente.