<
>

Após ter luta cancelada no UFC 246, Cláudia Gadelha desabafa nas redes sociais

play
UFC: de 2013 a 2020, a evolução e as lutas de Conor McGregor, que retorna ao octógono neste sábado (2:17)

Lutador irlandês enfrenta Donald 'Cowboy' Cerrone no UFC 246 na madrugada de domingo (2:17)

Escalada para encarar Alexa Grasso no card principal do UFC 246, que será realizado neste sábado, em Las Vegas (EUA), Cláudia Gadelha viu seu combate ser cancelado após sua adversária falhar no compromisso com a balança na pesagem oficial desta sexta-feira (17). Irritada com a situação, a brasileira utilizou sua conta oficial no Instagram para desabafar e lamentar o ocorrido.

Na manhã desta sexta-feira, Gadelha pesou 52,4 kg, cumprindo sua missão na pesagem oficial do UFC 246. Porém, a peso-palha (52 kg) viu sua oponente cravar 55,1 kg na balança, superando em 2,5 kg o limite da categoria e 1,3 kg de diferença de peso permitida pela Comissão Atlética do Estado de Nevada.

Com isso, a entidade foi obrigada a cancelar o confronto entre as atletas. Sem lutar desde julho de 2019, quando venceu Randa Markos por pontos, Claudinha faria seu retorno aos octógonos após se recuperar de uma lesão no tornozelo que a obrigou a desistir do combate contra Cynthia Calvillo, originalmente agendado para o último dia 7 de dezembro.

“Eu trabalhei tanto para essa luta e estava muito empolgada para lutar com o coração para vocês todos amanhã a noite, mas infelizmente minha luta não vai acontecer porque a minha adversária não bateu o peso. Eu ainda queria uma luta porque sou lutadora de coração grande, mas a Comissão de Nevada não deixou a luta acontecer. (…) Muito obrigada aos meus treinadores e parceiros de treino pelo excelente camp! Desculpe pelo meu povo. Vamos voltar”, desabafou Gadelha em seu Instagram.

No MMA profissional desde 2008, Cláudia Gadelha acumula 17 vitórias e quatro derrotas em seu cartel. Atualmente, a brasileira ocupa a sexta posição no ranking peso-palha do UFC. Já Alexa Grasso, de 26 anos, possui 11 triunfos e três reveses em sua carreira. A mexicana é a décima primeira colocada na lista top 15 da divisão. Esta foi a segunda vez em sua trajetória no Ultimate que a atleta latina falhou na balança.