<
>

UFC: Dana White confirma retorno de McGregor para 2020 e ignora pedido por Dublin

play
No UFC, lutador intima Conor McGregor: 'Cale a boca nas redes sociais e aceite uma luta' (1:08)

'Dá um tempo, chega de tuítes. Entre lá e cale a boca', completa Ben Askren sobre McGregor (1:08)

Nem mesmo Conor McGregor conseguiu mudar os planos de Dana White e da alta cúpula do UFC. Com evento marcado para o dia 14 de dezembro em Las Vegas (EUA), o cartola recusou o pedido de ex-campeão irlandês para transferir o show para a cidade de Dublin. Além disso, o retorno de ‘The Notorious’ foi oficializado para a temporada 2020.

Quem garantiu isso foi o próprio Dana White, logo após a realização da coletiva de imprensa em Nova York na última quinta-feira (19). Abordado pelo site ‘TMZ Sports’ o dirigente foi direto ao ponto e encerrou especulações sobre o retorno do irlandês.

“Ele vai lutar no começo do ano que vem. Sim, ele quer Dublin, mas nós temos (Las) Vegas (risos)”, encerrou Dana, antes de analisaras opções para o futuro de Khabib Nurmagomedov.

O atleta russo, campeão da categoria dos pesos-leves (70 kg) do UFC, é o atleta a ser batido no momento e nomes como Georges St-Pierre, Tony Ferguson e o do próprio Conor surgem como possibilidades para seu próximo desafio no octgóno.

“Tony Ferguson é a luta que precisa acontecer. Tentamos fazer outras quatro vezes e espero que dessa vez dê certo. Mas essa é a luta a ser feita”, narrou o dirigente, que parece já ter um plano B em mente. “Tony teve oportunidades que ele recusou antes, e se não aceitar agora, eu estaria interessado em falar sobre GSP”, finalizou.