<
>

UFC estuda registrar slogan criado por Nate Diaz para criar novo cinturão

play
No UFC, lutador intima Conor McGregor: 'Cale a boca nas redes sociais e aceite uma luta' (1:08)

'Dá um tempo, chega de tuítes. Entre lá e cale a boca', completa Ben Askren sobre McGregor (1:08)

O UFC parece levar muito a sério o combate entre Jorge Masvidal e Nate Diaz, que será a luta principal do UFC 244, dia 2 de novembro em Nova York (EUA). Para corroborar essa tese, a organização visa criar um novo cinturão para entregar para o vencedor deste combate com a logo BMF (“Baddest Motherf*****”), que em inglês seria algo como o “maior durão de todos”.

Por isso, o Ultimate toma todas as medidas legais para se apropriar desta marca. Na última semana, a franquia apresentou três pedidos desta logo no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos. A intenção é usá-la para utilização em nome de um evento, um cinturão de campeão e uma marca de brinquedos. A informação foi confirmada pelo advogado de marca registrada Josh Gerben, assim como Darren Rovell, da empresa ‘Action Network’.

A primeira vez que o ‘BMF’ foi mencionado foi em agosto, quando Nate Diaz derrotou Anthony Pettis, no UFC 241. Após este combate, o americano desafiou Jorge Masvidal e disse que seria um duelo pelo título dos “maiores durões” do Ultimate. O presidente da franquia, Dana White, gostou da ideia e parece disposto a transformar este título fictício em algo real, o que, segundo ele, será um prêmio único para esta luta específica.

Após quase três anos sem atuar, Nate Diaz retornou ao Ultimate com vitória sobre Anthony Pettis, por decisão unânime. Já Jorge Masvidal vem de dois triunfos seguidos por nocaute. Um sobre Darren Till, e outro em cima de Ben Askren, quando conectou uma linda joelhada com apenas cinco segundos de combate.