<
>

UFC 242: Edson Barboza perde no UFC em decisão tão estranha que surpreendeu até o rival

O UFC 24 em Abu Dhabi foi palco de uma decisão dos juízes definitivamente estranha. Tão estranha que acabou surpreendendo até o vencedor da luta. E justo com um brasileiro do lado derrotado. Edson Barboza e Paul Felder fizeram uma luta equilibrada, que poderia ter ido para qualquer lado, é verdade. Mas o que surpreendeu foi a pontuação.

Enquanto um juiz viu 30 a 27 para Edson, outro viu uma luta completamente diferente e deu 30 a 27 para o norte-americano. O terceiro jurado ficou no meio do caminho, deu 29 a 28 e decretou a vitória de Felder.

O resultado foi tão estranho que claramente surpreendeu os dois lutadores. Como Bruce Buffer anunciou primeiro o 30-27 para Edson, os dois atletas já esperavam que o 30-27 decisivo iria também para o brasileiro. Barboza já tinha levantado a mão para comemorar, e Felder estava cabisbaixo.

O anúncio surpreendeu os dois e chegou a levar o norte-americano às lágrimas.

Outros brasileiros

Davi Ramos não conseguiu fazer frente a um rival que está em um momento bem melhor que o dele. Diante de Islam Makhachev, um dos melhores amigos de Khabib Nurmagomedov, o brasileiro acabou amassado e derrotado na decisão unânime dos jurados (29-28, 30-36 e 30-36).

Makhachev, aliás, não perdeu tempo e desafiou logo Edson Barbosa após a luta. El completou a sexta vitória seguida dele neste sábado e deve subir bem no ranking (é o atual 15º).

Outro brasileiro em ação no dia, Carlos Diego Ferreira venceu com mais facilidade. Ele bateu o russo Mairbek Taisumov também na decisão unânime (29-28, 29-27 e 29-27).