<
>

UFC: Treinador de Adesanya aponta fragilidades em jogo de Alex Poatan no MMA

Nigeriano deve tentar revanche contra brasileiro após duas derrota no kickboxing


A vitória por nocaute de Alex ‘Poatan’ sobre Sean Strickland, aliada a mais uma defesa de cinturão do peso-médio (84 kg) de Israel Adesanya, em triunfo sobre Jared Cannonier também neste sábado (2), colocou os dois lutadores em clara rota de colisão no UFC. Mas apesar do campeão dos pesos-médios (84 kg) já ter sofrido dois reveses para o brasileiro na época em que ambos competiam no kickboxing, a confiança da equipe do nigeriano segue elevada.

Em entrevista ao ‘Submission Radio’, Eugene Bareman, treinador de Adesanya, insinuou certa ‘afobação’ do Ultimate em casar um duelo entre seu pupilo e Poatan justamente para se aproveitar da rivalidade entre eles e, consequentemente, atrair mais público. De acordo com o profissional, se o brasileiro tivesse mais desafios antes de conquistar um ‘title shot’, a chance seria maior de um tropeço o impedir de chegar ao topo da categoria.

“Eles precisam levar Pereira para Israel o mais rápido possível. Porque obviamente Pereira tem muitas fragilidades, e, se eles esperarem muito, essas vulnerabilidades serão expostas, e aí não tem luta. Israel adoraria essa luta. Acho que ele quer a luta, ele é o campeão, ele é o homem que se coloca em uma posição onde pode escolher o que quer fazer. Então, não me surpreenderia se essa fosse a próxima luta”, afirmou.

Embora Israel Adesanya já tenha sido derrotado por Poatan em duas ocasiões, sendo a última delas por nocaute, Bareman se mostrou tranquilo com a possibilidade de um novo confronto acontecer, mas desta vez nas regras do MMA. O treinador elogiou a potência dos golpes do brasileiro, mas destacou a confiança na experiência adquirida pelo pupilo em sua caminhada no esporte.

“Estou muito confortável com essa luta. Vai ser uma luta infernal. Pereira é um baita lutador, é um dos melhores do mundo no que faz. Ele tem muitas vulnerabilidades, mas tem algo que poucos lutadores têm, que é essa capacidade de desligar as luzes (do rival) em um piscar de olhos. E é um dom raro, mas meu homem teve uma centena de lutas, e ele lidou com pessoas assim tantas vezes. E uma coisa é ter o dom, outra é poder usar esse dom contra outro oponente. E veja, obviamente estamos muito confiantes de que seremos capazes de vencer essa luta”, completou.

Apontado como uma das grandes estrelas do Ultimate da atualidade, Israel Adesanya, de 32 anos, é campeão do peso-médio do UFC desde 2019 e defendeu o título da categoria cinco vezes. Na divisão, o nigeriano segue invicto, pois seu único revés no MMA aconteceu nos meio-pesados (93 kg) em duelo contra Jan Blachowicz. Pelo Ultimate, afircano já superou Anderson Silva, Brad Tavares, Derek Brunson, Jared Cannonier, Kelvin Gastelum, Marvin Vettori (duas vezes), Paulo ‘Borrachinha’, Robert Whittaker (duas vezes) e Yoel Romero.