<
>

Strickland lamenta derrota para Poatan no UFC: 'Ficarei triste por um tempo'

Americano levou nocaute brutal do brasileiro no fim de semana


Sean Strickland até roubou a cena na coletiva de imprensa do UFC 276, mas, no evento realizado no último sábado (2), em Las Vegas (EUA), não repetiu o show que deu no pré-luta. Na atração, o americano enfrentou Alex Pereira e não durou um round. Após o nocaute sofrido no octógono, ‘Tarzan’ não escondeu a decepção com o resultado adverso.

Em suas redes sociais, Strickland lamentou a dura derrota que tirou sua invencibilidade no peso-médio (84 kg) do UFC e, consequentemente, o impediu de disputar o título da categoria. Apesar da tristeza por conta do nocaute sofrido, o americano parabenizou ‘Poatan’ pela vitória e reconheceu sua qualidade na trocação.

Antes da luta acontecer, ‘Tarzan’ minimizou a experiência do brasileiro no kickboxing e afirmou que poderia trocar golpes de igual para igual com ele, mas acabou que pagou o preço por sua decisão. Resignado, o atleta, que integra o top-5 da divisão, admite que vai ser difícil lidar com o revés, mas promete se recompor, mesmo que sem previsão de retorno ao octógono.

“Bem, isso foi uma mer**. Você nunca quer ser o melhor momento de alguém, mas esse é o jogo que jogamos. Tentei trocar golpes em pé e bater em um dos melhores kickboxers. A parte ferrada disso é que, durante o round, eu ficava pensando, ‘Cara, essa vai ser uma luta fácil. Vejo tudo que esse cara está lançando, estou levando a melhor nas trocas. Vou bater nesse cara por três rounds’. E então, no meio do caminho, fui pego. Tiro meu chapéu para Alex. Ele é um assassino. Obrigado a todos os meus treinadores. Desculpe por não conseguir a vitória. É deprimente. Vou ficar triste por um tempo. E fãs, obrigado por me apoiarem. Vamos para a próxima. É hora de subir a escada novamente”, declarou o lutador.

Sean Strickland, de 31 anos, perdeu a primeira luta no peso-médio do UFC e também deve sair da quarta posição no ranking da categoria. No MMA desde 2008, o americano disputou 29 lutas, venceu 25 e perdeu quatro vezes. Os principais triunfos de ‘Tarzan’ foram sobre Brendan Allen, Court McGee, Jack Hermansson, Krzysztof Jotko, Tom Breese e Uriah Hall.