<
>

UFC: Pedro Munhoz aparece 'caolho' e revela que sofreu lesão na córnea após dedada no olho sofrida

play
UFC: Pedro Munhoz revela ter sofrido abrasão na córnea após golpes polêmicos de Sean O'Malley (1:24)

Via @pedromunhozmma I Brasileiro recebeu dedo no olho e ficou sem enxergar durante a luta (1:24)

Com cerca de um minuto para o fim do segundo round, Pedro Munhoz sofreu com um dedo no olho, o fim da luta foi anunciado e o duelo acabou sem resultado


O card principal do UFC 276, em Las Vegas, foi aberto com uma luta sem resultado. No combate entre Pedro Munhoz e a sensação Sean O’Malley, o brasileiro sofreu com um dedo no olho na parte final do segundo round e acabou sem enxergar. Desta forma, o fim do duelo foi declarado e nenhum dos dois lutadores foi declarado vencedor.

Neste domingo, o brasileiro foi a seu Instagram e revelou que sofreu uma lesão na córnea.

"No 1º round ele tinha me ferido com um dedo no olho, mas continuei lutando e logo depois teve o incidente do chute. Depois de tudo isso daí a luta retornou, desferimos alguns golpes. No 2º round levei a outra dedada no olho que durante 20 minutos não consegui ver. Me levaram para o hospital, colocaram um colírio especial, que adormece o olho. Eles fizeram um exame e o resultado foi que tenho uma abrasão na córnea, eu não estava conseguindo abrir o olho completamente e não estava conseguindo ver. O médico decidiu parar a luta", disse o brasileiro, que gravou o vídeo visivelmente caolho, com o olho esquerdo ainda fechado.

Após a luta, O'Malley disse que sentiu que Munhoz estava procurando uma saída para a luta e poderia ter continuado. Mas Munhoz havia vencido o primeiro round em dois dos três cartões de pontuação dos juízes.

Veja todos os resultados do UFC 276:

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya (NIG) venceu Jared Cannonier (EUA) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-46 e 50-45) - Cinturão peso-médio
Alexander Volkanovski (AUS) venceu Max Holloway (EUA) na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-45 e 50-45) - Cinturão peso-pena
Alex Poatan (BRA) nocauteou Sean Strickland (EUA) aos 2:36 do 1º round - Peso-médio
Bryan Barberena (EUA) nocauteou Robbie Lawler (EUA) aos 4:47 do 2º round - Peso meio-médio
Pedro Munhoz (BRA) x Sean O’Malley (EUA) terminou sem resultado (dedo no olho não intencional) - Peso-galo

CARD PRELIMINAR

Jalin Turner (EUA) finzalizou Brad Riddell (NZL) com uma guilhotina a 0:45 do 1º round - Peso-leve
Jim Miller (EUA) finalizou Donald Cerrone (EUA) com uma guilhotina a 1:32 do 2º round - Peso meio-médio
Ian Garry (IRL) venceu Gabe Green (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - Peso meio-médio
Dricus Du Plessis (AFS) venceu Brad Tavares (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - Peso-médio
André Sergipano (BRA) venceu Uriah Hall (JAM) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - Peso-médio
Maycee Barber (EUA) venceu Jessica Eye (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) - Peso-mosca
Julija Stoliarenko (LIT) finalizou Jessica-Rose Clark (AUS) com uma chave de braço a 0:42 do 1º round - Peso-galo