<
>

Adesanya oferece valor milionário para quem provar que ele usou esteroides: 'Precisam achar desculpas para tirar minha grandeza'

Lutador passou limpo em 50 testes antidoping da USADA, mas ainda assim quer colocar um ponto final em especulações


Na última quarta-feira (29), Israel Adesanya recebeu a já tradicional jaqueta comemorativa da USADA (agência americana antidoping), por ter passado limpo em 50 testes antidoping aplicados em sua carreira no UFC.

A homenagem, entretanto, trouxe novamente à tona um episódio do passado no qual o campeão peso-médio (84 kg) do Ultimate foi questionado pelo suposto uso de esteroides. Agora, o nigeriano quer colocar um ponto final nas especulações, de uma vez por todas, e lançou um desafio aos seus detratores.

Em setembro de 2020, Adesanya superou o brasileiro Paulo ‘Borrachinha’ no UFC 253, para manter o cinturão dos médios, mas um detalhe chamou a atenção de fãs e da mídia especializada.

Naquela semana, pela primeira vez na carreira, o nigeriano apresentou uma anomalia em seu peito direito, que aparentava estar com um formato e tamanho desproporcional ao esquerdo. O fato levantou suspeitas sobre o uso de esteroides anabolizantes por parte do campeão, já que um dos efeitos colaterais desse tipo de droga é a ginecomastia (aumento descontrolado das mamas nos homens).

Agora, dois anos depois e com a jaqueta da USADA para comprovar seu status de lutador limpo, Adesanya quer deixar os rumores para trás. Por isso, durante o media day do UFC 276, evento no qual colocará novamente seu título em jogo, contra Jared Cannonier, o nigeriano ofereceu 3 milhões de dólares (cerca de R$ 15 milhões) para qualquer pessoa que puder provar o seu envolvimento com substâncias ilícitas de aumento de performance.

“Quando você é grande, eles falam sobre ‘Tittygate’. Eles precisam achar desculpas para tirar minha grandeza. Eu entendo que é isso que as pessoas fazem, então eu as deixo. Veja, eu vou dar 3 milhões (de dólares) para qualquer um que conseguir evidências concretas de que eu sei o que fazer com esteroides ou como tomá-los”.

“Eu prometo, 3 milhões se você puder encontrar alguém que tenha evidências concretas que eu comprei, toquei ou usei qualquer tipo de droga de aumento de performance. Três milhões para qualquer um que tiver evidências concretas de que eu tenho usado drogas de aumento de performance”, desafiou o campeão peso-médio do UFC.

Neste sábado (2), Israel Adesanya voltará a defender seu cinturão peso-médio do Ultimate. Na luta principal do UFC 276, sediado em Las Vegas (EUA), o nigeriano medirá forças com Jared Cannonier, em busca de sua quinta defesa de título bem-sucedida na organização.