<
>

Grappling: Demian Maia desafia irmãos Diaz após vitória contra ex-campeão Ben Henderson

play
Rodolfo Vieira volta ao UFC após 1 ano, mas sofre derrota e fica com rosto desfigurado; VEJA (1:34)

UFC Vegas 57 acontece neste sábado (25) (1:34)

Brasileiro conquistou vitória importante após luta no País de Gales, no último sábado (25)


Veterano dos esportes de combate, Demian Maia segue em atividade nas artes marciais. No último sábado (25), o brasileiro foi até o País de Gales participar da 20ª edição do Polaris, evento de grappling, e enfrentou Ben Henderson, ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC.

Após vencer o americano, o ícone do jiu-jitsu desafiou grandes nomes da organização que integrou no período de 2007 até 2021. No Polaris, Demian controlou ‘Bendo’ e levou a melhor por decisão unânime, em round único de 20 minutos.

Após o duelo, os atletas conversaram e se abraçaram, em bela demonstração de respeito. Feliz pelo resultado positivo, o brasileiro agradeceu o carinho que recebeu do público, a organização pela oportunidade de atuar e aproveitou para desafiar os irmãos Nate e Nick Diaz para encontros no grappling.

“Existem alguns caras ótimos que eu lutaria, como Nick Diaz, Nate Diaz. Seria legal se eles quisessem, porque eles têm um ótimo jiu-jitsu. Seria muito legal e tenho certeza que as pessoas gostariam de assistir”, declarou a lenda do jiu-jitsu.

Demian Maia, de 44 anos, é um caso especial de atleta com passagens de sucesso pelo jiu-jitsu e pelas artes marciais mistas. O brasileiro realizou 33 lutas pelo UFC, venceu 22 e perdeu 11 vezes.

Em sua trajetória na companhia, o paulista disputou o título dos meio-médios (77 kg), do peso-médio (84 kg) e seus principais triunfos foram sobre Ben Askren, Carlos Condit, Chael Sonnen, Dong Hyun Kim, Gunnar Nelson, Jon Fitch, Jorge Masvidal, Matt Brown, Neil Magny, Rick Story e Ryan LaFlare.