<
>

UFC: Gamrot reconhece valor de Tsarukyan após 'batalha' e desafia Gaethje para próxima luta

play
Rodolfo Vieira volta ao UFC após 1 ano, mas sofre derrota e fica com rosto desfigurado; VEJA (1:34)

UFC Vegas 57 acontece neste sábado (25) (1:34)

Mateusz Gamrot foi um dos melhores no confronto diante de Arman Tsarukyan pelo UFC Vegas 57


Mateusz Gamrot foi um dos lutadores que mais se destacou no UFC Vegas 57. No evento realizado no último sábado (25), o polonês enfrentou Arman Tsarukyan na luta principal do show e, depois de 25 minutos de batalha, venceu o duelo por decisão unânime.

Empolgado pela vitória dramática, já que perdeu os dois primeiros rounds da disputa, ‘Gamer’ aproveitou para desafiar um dos principais nomes do peso-leve (70 kg). Gamrot reconheceu o valor de Tsarukyan e enalteceu a qualidade do adversário. A curiosidade é que os atletas são parceiros de equipe na American Top Team.

De acordo com o polonês, o duelo mostrou que tanto ele, quanto o prodígio do MMA deveriam ser vistos pelos fãs e demais lutadores como ameaças aos grandes nomes do peso-leve do UFC. Tanto que ‘Gamer’, confiante e eufórico por ter impressionado em combate, desafiou Justin Gaethje de forma respeitosa.

O europeu elogiou ‘The Highlight’ e admitiu ser fã do estilo de luta do mesmo, mas garantiu estar preparado para o possível teste. Vale pontuar que o americano foi derrotado por Charles Oliveira em seu último confronto e busca se reerguer na empresa.

“Essa foi uma luta muito dura. Tsarukyan é um cara muito duro. Somos da nova geração. Espero que a gente treine no futuro. Estou pronto para ferrar cada um desses caras dos leves. No futuro, serei campeão, com certeza. Eu quero lutar com Gaethje. Gaethje é o cara mais brutal da divisão. Quero lutar a seguir com ele”, declarou o atleta ao ser entrevistado por Michael Bisping, ainda no octógono.

Com a vitória, Mateusz Gamrot, de 31 anos, segue em sua escalada rumo ao topo do peso-leve do UFC. O polonês, ex-campeão duplo do KSW, venceu a quarta luta seguida na maior organização de MMA do mundo.

Sendo assim, ‘Gamer’ deve se aproximar do top-10 da categoria ou até, quem sabe, integrar o seleto grupo. Na companhia, o profissional nocauteou Carlos Diego Ferreira e Scott Holtzman, finalizou Jeremy Stephens e superou Arman Tsarukyan.