<
>

Kevin Holland sai em defesa de Nate Diaz e quer luta contra veterano: 'Vamos fazer isso por todos'

Logo após vencer Tim Means, lutador foi às redes sociais e deixou claro a vontade de encarar Nate


Mal lutou e Kevin Holland já se colocou à disposição do UFC para voltar ao octógono o quanto antes. No último sábado (18), no Texas (EUA), o atleta venceu a segunda luta seguida ao finalizar Tim Means e, empolgado pela boa fase nos meio-médios (77 kg), desafiou o popular Nate Diaz para um combate na sequência.

Em suas redes sociais, Holland se mostrou solidário ao drama vivido pelo ‘bad boy’ e o abordou de forma respeitosa. Nate não esconde sua insatisfação com o tratamento que recebe do UFC e, constantemente, reclama.

Como resta apenas uma luta em seu contrato com a organização, o veterano pede para ser liberado ou para entrar em ação para cumprir sua obrigação profissional e ficar livre no mercado.

Disposto a encerrar seu ciclo no UFC, Diaz informa que está aberto a enfrentar qualquer tipo de adversário. Sendo assim, ‘Trailblazer’ aproveita a oportunidade para desafiá-lo.

Dono de um estilo chamativo tanto dentro, quanto fora do octógono, o atleta afirma que o possível encontro com o ícone do MMA vai ser emocionante e interessante para o ‘bad boy’, os fãs e também para a companhia.

“Eu luto com qualquer um. Ele aceita qualquer um. Nate Diaz, vamos fazer isso por todos! Dana, acho que isso muda as coisas! Quero toda a fumaça dentro e fora do octógono”, escreveu o lutador em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Kevin Holland, de 29 anos, se encontrou nos meio-médios do UFC e, assim, encerrou a má fase na carreira, que durava três lutas (duas derrotas e um ‘no contest’).

Na nova categoria, o americano nocauteou Alex ‘Cowboy’, finalizou Tim Means, ambos em 2022, e faturou dois bônus de ‘performance da noite’. Seus principais triunfos no MMA foram sobre Anthony Hernandez, Geoff Neal, Gerald Meerschaert, Joaquin Buckley e Ronaldo ‘Jacaré’.