<
>

Petr Yan se oferece para recepcionar Deiveson Figueiredo no peso-galo do UFC

play
UFC: Deiveson diz que racismo 'ficou constante' em suas redes sociais após episódio com treinador de Moreno (0:35)

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN (0:35)

Petr Yan deseja enfrentar o brasileiro Deiveson Figueiredo


Petr Yan está com fome de luta. Sem atuar desde abril, quando perdeu o título do peso-galo (61 kg) do UFC para Aljamain Sterling, o russo passou a ver a companhia anunciar combates entre os tops da categoria. Como permaneceu sem adversário, ‘No Mercy’ aproveitou para desafiar Deiveson Figueiredo, detentor do cinturão do peso-mosca (57 kg) da empresa.

Em suas redes sociais, Yan deu a entender que parte dos tops do peso-galo do UFC recusou enfrentá-lo e por isso mencionou o brasileiro como alvo para sua sequência na organização. E o desafio feito pelo russo para Deiveson acontece no tempo certo. ‘Deus da Guerra’ está insatisfeito com a companhia por criar um cinturão interino no peso-mosca e reclama que não recebe o que, de fato, vale. Irritado, o paraense até cogitou abandonar o título e subir de divisão. Atento ao cenário do MMA, ‘No Mercy’ se coloca à disposição para recepcionar ‘Daico’ em sua categoria.

“Ninguém nos galos quer… Figgy (Deiveson Figueiredo)?”, escreveu o ex-campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Petr Yan, de 29 anos, é um dos grandes nomes do peso-galo do UFC. O russo estreou na companhia em 2018 e foi campeão interino e linear da categoria. Pela maior organização de MMA do mundo, ‘No Mercy’ disputou dez lutas, venceu oito e perdeu duas vezes. Seus triunfos mais importantes foram sobre Cory Sandhagen, Jimmie Rivera, John Dodson, José Aldo e Urijah Faber. Atualmente, o atleta é o primeiro colocado no ranking da divisão, abaixo apenas de Aljamain Sterling, seu carrasco e detentor do título.