<
>

Karate Combat: Luiz Rocha pode se tornar o primeiro brasileiro campeão da organização

play
UFC: Brasileiro vence 'guerra' contra argentino, que sai revoltado; VEJA (1:31)

Evento do UFC aconteceu em Las Vegas neste sábado (21) (1:31)

Brasileiro encara Edgars Skrivers neste sábado na disputa do cinturão do peso leve


Aos poucos, o Karate Combat ganha popularidade no Brasil e Luiz Rocha tem a chance de se tornar um dos pilares da consolidação do esporte no país. Neste sábado (28), o potiguar vai enfrentar o campeão do peso-leve Edgars Skrivers e pode entrar para a história ao ser o primeiro lutador brasileiro a conquistar o título da companhia.

O importante confronto entre Luiz e Skrivers é aguardado pelos fãs do Karate Combat e, não à toa, é o ‘main event’ do segundo episódio da quarta temporada da organização. Além de colocar frente a frente dois dos melhores lutadores da categoria, o novo encontro envolvendo os profissionais é uma revanche.

Em 2018, Skrivers venceu Luiz por nocaute técnico e alcançou o status de primeiro campeão da história do Karate Combat. Agora, o brasileiro tem a chance de se vingar do algoz e, de quebra, conquistar o título para o país. Derrotado pelo letão, o atleta da academia ‘Pitbull Brothers’ apimenta ainda mais a rivalidade para o decisivo embate.

“Fui o primeiro brasileiro contratado. Fui o primeiro brasileiro a vencer e nocautear. Agora serei o primeiro campeão. Skrivers foi o único cara que me venceu. Ele está com meu cinturão. É impossível não levar tudo isso para o lado pessoal. Então, a fórmula é simples. Vou vencê-lo, trazer o título para o Brasil e vingar minha derrota”, declarou o atleta.

O segundo episódio do quarto ano do Karate Combat, liderado pela revanche entre Edgars Skrivers e Luiz Rocha, pode ser assistido de graça pelas redes sociais da companhia, a partir das 20h deste sábado. A atual temporada da organização ainda conta com a presença ilustre de Georges St-Pierre, ex-campeão do UFC, e Stephen Thompson, ex-desafiante ao título do UFC, que participam como professores e analistas das lutas.