<
>

Ex-campeão do UFC, Frankie Edgar se mostra incerto quanto ao futuro e amplia rumor de aposentadoria

play
UFC: Americano acerta cotovelada SURREAL e vence sérvio de forma INACREDITÁVEL; VEJA (1:42)

Evento do UFC aconteceu em Las Vegas neste sábado (21) (1:42)

Frankie Edgar aumentou os rumores sobre uma possível aposentadoria


Ao que tudo indica, mais uma estrela do MMA se aproxima de se despedir do esporte. Após perder a segunda luta seguida, em novembro, um decepcionado Frankie Edgar declarou, ainda no octógono, que não tinha certeza se voltaria a competir. E, de fato, o ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC e atual integrante do peso-galo (61 kg) permanece incerto quanto a sua continuidade na modalidade.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Edgar não confirmou a aposentadoria do esporte, mas mostrou não ter pressa para voltar à ação. Em má fase no UFC, o americano segue avaliando as melhores opções para seu futuro seja dentro ou fora da modalidade. Em sua última aparição no octógono, ‘The Answer’ foi vítima de um chute frontal de Marlon Vera e, como se não bastasse o nocaute sofrido, ainda viu a imagem do golpe virar ‘meme’ e ser compartilhada diversas vezes. Vale pontuar que o veterano tem 40 anos e vive o pior momento da carreira.

“Não sei, veremos. Ainda estou vendo o que vem a seguir. Não me decidi sobre nada agora. Estou fazendo os objetivos que quero. Conquistei muito neste jogo. Estou apenas sendo eu mesmo e terminando isso. Veremos como terminamos isso. Ainda há muitas coisas indefinidas”, declarou o ex-campeão do UFC.

Frankie Edgar é um ícone do MMA, mas vive momento delicado em sua trajetória no esporte. Atualmente, o veterano perdeu quatro das últimas cinco lutas que realizou, sendo três delas por nocaute. Em sua carreira, iniciada em 2005, o americano foi campeão do peso-leve do UFC e disputou o título do peso-pena (66 kg). Seus triunfos mais importantes foram sobre BJ Penn (três vezes), Chad Mendes, Charles ‘Do Bronx’, Cub Swanson (duas vezes), Gray Maynard, Jeremy Stephens, Jim Miller, Pedro Munhoz, Sean Sherk, Urijah Faber e Yair Rodríguez.