<
>

'Durinho' elege adversários para a próxima luta no UFC: 'Covington ou Masvidal faria sentido'

play
Brasileiro do UFC, Michel Pereira explica modo 'p*** e alterado, moleque doido, vazado, bruto e sistemático' no octógono (1:37)

Lutador falou com exclusividade ao ESPN.com.br (1:37)

"Na minha próxima luta, vou com sangue na boca", diz o brasileiro após escolher quem seriam os adversários para boas lutas no UFC


Em sua mais recente aparição no UFC, realizada em abril, na Flórida (EUA), Gilbert Burns foi derrotado por Khamzat Chimaev, mas o revés não abalou sua confiança. Pelo contrário, apesar do resultado negativo, ‘Durinho’ recebeu elogios de parte da comunidade do MMA, sendo assim, permaneceu em destaque nos meio-médios (77 kg). Tanto que o brasileiro menciona dois grandes nomes da divisão como potenciais adversários.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, ‘Durinho’, que não desiste do sonho de ser campeão dos meio-médios do UFC, revela que Colby Covington e Jorge Masvidal estão no topo de sua lista de possíveis oponentes. É bem verdade que o brasileiro não esconde o desejo de acertar as contas com Chimaev, mas, antes, visa se recuperar na companhia contra um dos ‘bad boys’.

E, de acordo com o veterano, uma vitória sobre ‘Chaos’, ex-campeão interino da categoria, ou ‘Gamebred’, detentor do cinturão ‘BMF’ (lutador mais durão) do UFC, é o bastante para torná-lo desafiante ao título da divisão pela segunda vez. Vale lembrar que, anteriormente, ‘Durinho’ desafiou os americanos. Inclusive, Masvidal até topou encarar o brasileiro, enquanto Covington ignorou o niteroiense e atacou Dustin Poirier.

“A luta que faria sentido agora seria contra Covington ou Masvidal. Essas são as duas lutas que eu queria, mesmo com todas as coisas legais. Se eu tiver que esperar, espero. Não me importo. Essas são as lutas que fazem sentido e as quero. Estou me tornando um nome que vende na categoria, estou nos grandes cards. Ainda vou lutar com qualquer um, mas você tem que provar seu ponto que merece estar lá agora. Estou trabalhando muito e dando oportunidade para esses caras, mas agora isso está mudando. Essas são as duas lutas que quero. Covington e Masvidal fazem sentido. Na minha próxima luta, vou com sangue na boca. Com um grande nome, vou mostrar para as pessoas do que sou capaz. Para cimentar minha carreira e jornada, tenho que conseguir o cinturão. E nada além de uma grande luta pode me aproximar disso”, declarou o lutador.

Curiosamente, Colby Covington, Gilbert Burns e Jorge Masvidal disputaram o título dos meio-médios do UFC e foram derrotados por Kamaru Usman. ‘Chaos’ e ‘Gamebred’ perderam duas lutas para o campeão da categoria e ‘Durinho’ sucumbiu uma vez diante do nigeriano, em 2021. Agora, o brasileiro se encontra no quarto lugar no ranking da divisão e busca subir ao octógono o quanto antes para voltar ao caminho das vitórias.