<
>

Julianna Peña debocha de Amanda Nunes por ser 'campeã da divisão de uma pessoa'

Após perder o título do peso-galo, Amanda segue como campeã do peso-pena do UFC


Ao que parece, Julianna Peña não vai deixar Amanda Nunes em paz.

Antes de chocar o mundo, em dezembro, em Las Vegas, a americana irritou a "Leoa" com seu trash talk e, no octógono, surpreendeu ao vencer a luta por finalização.

Agora, como campeã do peso-galo (61 kg) do UFC, "The Venezuelan Vixen" segue atacando a brasileira e contesta sua posição no peso-pena (66 kg).

Após perder o título do peso-galo, Amanda segue como campeã do peso-pena do UFC. No entanto, Julianna, em entrevista ao canal do YouTube "The Schmo", classifica tal cinturão como uma espécie de "prêmio de consolação" para a brasileira, já que a categoria carece de lutadoras. Tanto que a única atleta que aparece no ranking é a própria "Leoa".

Dessa forma, "The Venezuelan Vixen" ressalta que a rival não deve se orgulhar de dizer que é a número um dos penas e sim se envergonhar, já que é uma divisão fantasma.

"Vamos falar sobre isso por um segundo. Então, Holly Holm e Germaine de Randamie disseram que não vão voltar ao peso-pena e que vão continuar no peso-galo. Megan Anderson se aposentou, Felicia Spencer se aposentou. Você pode citar mais alguém na divisão além de Amanda? Ela é campeã na divisão de quem? Ela diz que ainda é campeã de uma divisão de uma pessoa, então tudo bem", declarou a campeã do UFC.

Julianna Peña, de 32 anos, fez história no MMA. A americana venceu a 18ª edição do reality show "The Ultimate Fighter", em 2013, e se tornou campeã do peso-galo do UFC, em 2021.

"The Venezuelan Vixen" iniciou sua trajetória no esporte em 2009, disputou 15 lutas, venceu 11 e perdeu quatro vezes.

Seus triunfos mais importantes foram sobre Amanda Nunes, Cat Zingano, Jessica Eye e Sara McMann.