<
>

Judô: Teddy Riner perde primeira luta após 154 vitórias seguidas e quase 9,5 anos de invencibilidade

Estrela do judô e bicampeão olímpico, Teddy Riner viu a sua invencibilidade incrível de quase nove anos e meio chegar ao fim neste domingo (9). O atleta de 30 anos foi derrotado pelo japonês Kokoro Kageura, de 24 anos, durante o Grand Slam de Paris, na França.

O francês, que foi embaixador da candidatura da capital francesa a sede dos Jogos de 2024, não sabia o que era perder há 154 lutas.

Era 13 de setembro de 2010, quando ele, então com 21 anos, foi derrotado pelo também japonês Daiki Kamikawa na final do Mundial de Peso Aberto disputado em Tóquio, no Japão.

Desde então, o francês só colecionou triunfos e títulos, como as duas medalhas de ouro olímpicas em Londres-2012 e Rio-2016, sempre na categoria peso-pesado (acima de 100kg).

Em Paris neste domingo, Riner, dez vezes campeão mundial, voltou ao tatame pela primeira vez desde a final do Grand Slam de Brasília, no Brasil, em outubro do ano passado. O objetivo: pontos para classificação à Olimpíada de Tóquio, que será entre o fim de julho e agosto deste ano e onde ele tentará seu terceiro ouro.

O francês estreou bem e passou pelo húngaro Richard Sipocz; depois, superou o austríaco Stephan Regyi.

E aí, veio o combate contra Kageura pelas oitavas de final. Após empate no tempo normal, a luta foi para o 'ponto de ouro', situação em que qualquer pontuação dá a vitória ao apicador do golpe. O japonês, então, conseguiu um waza-ari.

Era o fim da sequência incrível de Riner, o gigante de 2,04m fora derrubado. E vencido.