<
>

'Parece um Ronaldinho': brasileiro lembra como viu Gotze surgir no Dortmund e revela conversa antes de gol na final da Copa

play
Hora de relaxar! Mario Götze passa tempo jogando ping-pong sozinho durante quarentena (0:04)

O jogador do Borussia Dortmund mostrou que seu gosto para esportes não se limita ao futebol e deu uma rápida demonstração de seus dotes com a raquete | Via Instagram @mariogotze (0:04)

Dedê não se esquece de quando viu Mario Gotze pela primeira vez subir das categorias de base do Borussia Dortmund para treinar entre os profissionais. Os toques na bola do jovem impressionaram os brasileiros da equipe aurinegra.

“O Tinga me disse ‘Dedê, esse menino é diferente. Um alemão novo que parece brasileiro quando surgiu, um Ronaldinho’. Eu respondi ‘O que é isso? Calma’. O Tinga falou ‘Pode reparar’. Eu comecei a ver e era verdade. O Gotze era um cara que fazia a diferença e tinha uma inteligência muito avançada", disse Dedê ao ESPN.com.br.

Entre o episódio relatado pelo ex-lateral há 11 anos e o momento atual muita coisa mudou.

Os canais ESPN transmitem a Bundelisga. Clique aqui e veja a programação!

O brasileiro, um dos maiores ídolos do time aurinegro, viu Gotze dar os primeiros passos e se consagrar no primeiro título alemão do Borussia Dortmund sob o comando de Jurgen Klopp, em 2011.

“Ele é um filho, um menino espetacular e um amigo que fiz. Teve um jogo em casa que o Mario faz um gol e mostrou uma camisa que ele usava por baixo escrita Dedê 17 [número que o jogador usava]. Na Europa isso não era nada comum”, contou.

“Foi uma homenagem muito legal porque eu estava na reserva e aquecendo. Ele me disse que estava com ela há mais de cinco jogos esperando fazer o gol só para mostrar”.

Depois de virar a maior joia do futebol internacional e conquistar o segundo título alemão em 2012, Gotze viu seu nome ser envolvido em uma grande polêmica. Poucas semanas antes da final da Liga dos Campeões de 2013, que seria disputada entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique, o alemão foi anunciado como reforço dos bávaros para a temporada seguinte.

play
0:04

Hora de relaxar! Mario Götze passa tempo jogando ping-pong sozinho durante quarentena

O jogador do Borussia Dortmund mostrou que seu gosto para esportes não se limita ao futebol e deu uma rápida demonstração de seus dotes com a raquete | Via Instagram @mariogotze

Lesionado, Gotze não entrou em campo e viu sua equipe ser derrotada por 2 a 1 pelo seu futuro clube.

A passagem de três temporadas por Munique esteve longe de ser um desastre, mas ele nunca mais recuperou o protagonismo de antes.

“A escolha de ir para o Bayern não foi muito legal pelo clube. Pode ser que lá seja um mercado, você chega, joga e vai embora. Não tem uma família ou se respeita o momento ruim do jogador. Ter ido ao Bayern não fez bem para ele e o atrapalhou na carreira”, analisou Dedê.

Mas a reviravolta veio dois anos depois. Ele passou boa parte da Copa do Mundo de 2014 no banco de reservas da Alemanha, mas foi o grande herói da final ao marcar o gol do título na vitória por 1 a 0 sobre a Argentina na prorrogação.

“O Mario falava que tinha estrela e eu ficava zoando ele pra caramba. Um dia antes do 7 a 1, fui ao hotel da Alemanha em Belo Horizonte e conversamos bastante. O Mario ficava me zoando: ‘A minha estrela vai brilhar na Copa’. Eu brincava com ele: ‘E aí, céu? ’. Ele respondia: ‘Não, estrela’ (risos). Na final, ele entrou e fez o gol do titulo. É uma coisa para além da vida dele. Mesmo depois que ele morrer ainda será lembrado por esse feito para sempre”.

Em 2016, Gotze voltou ao Dortmund, mas não conseguiu demonstrar o mesmo futebol da primeira passagem pelo time aurinegro, sendo reserva nos últimos anos.

O diretor esportivo Michael Zorc anunciou nos últimos dias que o meia irá deixar o clube no final da temporada, sem custos.

“Ele voltou ao Borussia e foi muito bem recebido. Alguns tinham receio, mas a torcida é espetacular e abriram as portas para ele. Mas teve uma passagem discreta desta vez, por isso teve a opção de não ficarem com ele. Mas tenho certeza que coisas boas virão, ele tem só 28 anos”, aposta Dedê.