<
>

Pivô da seleção brasileira de futsal, Pito lança documentário sobre a carreira

Camisa 10 da seleção brasileira de futsal, o pivô Pito está prestes a lançar um documentário sobre a própria carreira. Com quatro episódios, a série estreará na conta oficial do jogador no Instagram neste domingo, uma semana antes da estreia do Brasil no Mundial da Lituânia.

O documentário foi produzido em 2020 pelo próprio Pito. O pivô ainda atuava pelo Inter Movistar, de Madri, um dos epicentros mundiais da pandemia de covid-19. Durante o lockdown imposto pelo governo espanhol, ele se inspirou em Michael Jordan para contar sua história.

“Comecei a assistir o documentário do Michael Jordan e me inspirei nele. Vi que poderia fazer algo sobre o futsal e sobre minha rotina neste período que estamos enfrentando. Como teria algumas barreiras para enfrentar para chegar ao Mundial, que é o próximo grande objetivo da minha carreira, decidi mostrar como passaria por estes obstáculos, relembrando o início da minha carreira, em Chapecó (SC), e momentos vividos dentro de casa, durante a pandemia. Eu mesmo gravei todos esses materiais de bastidores. Até que no início de 2021, estruturei esse projeto e roteiro junto a uma produtora e assim, pudemos concluir essa ideia, que levaremos ao público. Espero que todos gostem do resultado. É algo que ainda não vi entre jogadores de Futsal no Brasil e no mundo”, afirmou.

Uma semana depois da estreia do documentário, Pito vai disputar sua primeira Copa do Mundo de Futsal. No dia 13, a seleção brasileira enfrenta o Vietnã.

“Sensação de um sonho realizado. Desde o meu início, eu sonhava em defender o meu país em uma Copa do Mundo. Estar entre os escolhidos diante de milhares de jogadores no Brasil, é uma honra e uma responsabilidade muito grande”, destacou.

Revelado pelo Pinhalzinho em 2011, Pito se destacou atuando por Concórdia e Carlos Barbosa, onde conquistou a Liga Nacional de 2015. No ano seguinte, acertou sua transferência ao El Pozo de Murcia, da Espanha. Em 2019, chegou ao Inter Movistar e conquistou a Liga da Espanha, a Copa da Espanha e a Supercopa da Espanha. Eleito o melhor jogador e melhor pivô da Liga Espanhola em 2021, o brasileiro foi contratado pelo Barcelona em julho deste ano.