<
>

Futsal: Brasil faz gol incrível, mas toma virada da Argentina na final das eliminatórias para a Copa do Mundo

O Brasil até fez um gol espetacular, mas tomou a virada da Argentina por 3 a 1 neste domingo (9), em Carlos Barbosa (RS), e teve que se contentar com o vice-campeonato das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de futsal.

Já classificada para a disputa na Lituânia entre 12 de setembro e 4 de outubro deste ano, a seleção queria apagar a eliminação precoce nas oitavas de final do último Mundial, na Colômbia, quando caiu por 3 a 2 nos pênaltis após empate em 4 a 4 no tempo normal.

Queria também superar a super-rival e atual campeã mundial.

Gol espetacular

E até começou no caminho certo, com direito a um golaço incrível.

Faltando 7m33s para o fim do primeiro tempo, Pito, camisa 10, recebeu a bola de costas para o gol, já a dominou ajeitando o corpo e deu uma bicicleta maravilhosa. Uma pintura, e 1 a 0 no placar.

Mas a Argentina pôs a cabeça no lugar e reagiu. Restando 2m50s, Cuzzolino acertou belo chute, a bola desviou em seu companheiro Borruto e matou o goleiro Guitta. 1 a 1.

Virada hermana

Na etapa final, Vaporaki recebeu na linha de fundo, pela esquerda, ajeitou e mandou a bola no ângulo esquerdo do arqueiro brasileiro. Belo gol e virada hermana.

Faltando 10m19s, o Brasil, já afobado, viu Rocha fazer falta quase dentro da área e receber o segundo amarelo, logo, foi expulso. O time ficaria com um a menos até 2m ou até sair um gol rival.

Foi o que aconteceu. Já na cobrança da infração, jogada ensaiada e bola na trave. Na sequência da jogada, Taborda fez 3 a 1 para a Argentina.

Fim de jogo, título para os rivais, que foram melhores na maior parte da decisão.

E a seleção brasileira, que chegara à final tendo feito 24 gols e não tomado nenhum, teve que se contentar com o vice. É trabalhar agora para tentar buscar o hexa do Mundial (país já ganhou em 1989, 1992, 1996, 2008 e 2012); a Espanha levou em 2000 e 2004, e a Argentina ficou com a taça na última edição, em 2016.

Além de Argentina e Brasil, Paraguai e Venezuela, terceiro e quarto colocados respectivamente da disputa em Carlos Barbosa, estão classificados para a Copa do Mundo a Lituânia, anfitriã, e mais Egito, Marrocos, Angola, Ilhas Salomão, Cazaquistão, Portugal, Rússia e Espanha também já têm lugares garantidos.