<
>

Suspeito de matar jogador do futsal do Corinthians é preso

Uma notícia trágica chocou o Brasil no início deste domingo. O jogador Douglas Nunes, do futsal do Corinthians, foi assassinado em Erechim, no Rio Grande do Sul. Nesta tarde, a polícia prendeu o suspeito do crime.

O homem, de 25 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e está sendo ouvido e será encaminhado ao presídio.

Douglas Nunes, pivô de 27 anos, foi baleado na madrugada deste domingo, saindo de uma festa na Avenida Sete de Setembro, no centro da cidade, depois de jogar a semifinal da Taça Brasil contra o Atlético Erechim.

Segundo o delegado responsável, a tragédia aconteceu porque ele e outros jogadores estavam no bar quando Douglas se envolveu em uma discussão por conta do pagamento da conta.

Quando o pivô saía da boate, um dos homens que estava na discussão pegou seu carro, estacionou em frente ao estabelecimento e atirou em Douglas, atingido na cabeça.

Por conta da tragédia, a final da competição, entre Atlântico e Carlos Barbosa, foi adiada pela CBFS. Previsto para acontecer ás 13h45 (Brasília) deste domingo, foi transferido para às 19h (Brasília) da próxima terça-feira (13).