<
>

Rodrygo é sincero sobre 'problema' da seleção brasileira que estrelas não conseguem resolver: 'Se eu soubesse...'

Rodrygo, meia-atacante da seleção brasileira, durante partida pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo Vitor Silva/CBF

Ocupando apenas o 6° lugar na tabela das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo, a seleção brasileira vem de quatro jogos sem derrota e tenta dar a volta por cima até a próxima rodada da disputa, que acontecerá somente em 2024. E a Amarelinha tem um "problema" que nem mesmo as suas principais estrelas sabem como resolver.

Apesar da boa fase de alguns dos principais nomes da seleção em seus respectivos clubes, o desempenho não se reflete na Amarelinha. E os próprios jogadores têm conhecimento sobre isso.

Atacante do Real Madrid e um dos jogadores em melhor fase no clube espanhol, Rodrygo reconheceu o desempenho abaixo, mas admitiu que, por ora, ele e os demais atletas não sabem como resolvê-lo.

"Se eu soubesse, já não estaria mais acontecendo, né? (risos). Não tem explicação. Aqui no clube, graças a Deus, as coisas têm se saído bem. É continuar trabalhando, para na seleção sair bem também. A gente teve os últimos jogos má sorte, a gente começava jogando bem, parecia que ia ganhar o jogo, e logo acontecia alguma coisa e a gente perdia", começou por dizer, em entrevista à TNT Sports.

"A gente fica triste por isso, mas agora tem muito tempo para se preparar aqui no clube para chegar bem lá", complementou.

Na atual temporada, Rodrygo tem 19 jogos pelo Real Madrid e registrou 8 gols e 5 assistências. Já na seleção, são 6 partidas e duas bolas na rede.

Próximos jogos do Brasil: