<
>

'Segundo tempo cinzento' e 'não brilhou': como jornais pelo mundo viram vitória do Brasil sobre o Peru

O Brasil venceu o Peru por 1 a 0 na última terça-feira (12), em Lima, gol de Marquinhos, pela 2ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. Ao redor do mundo, a imprensa repercutiu a segunda vitória e, consequentemente, os 100% de aproveitamento do time de Diniz.

O jornal Marca, da Espanha, colocou Marquinhos, autor do gol no final do segundo tempo, como o 'salvador'. O veículo ainda criticou o segundo tempo do confronto, chamando-o de 'entediante' e 'cinzento'.

"Os outros 45 minutos deixaram uma sensação um tanto entediante. Não houve uma única oportunidade de gol até depois dos 70 minutos", disse o veículo, antes de elogiar as medidas de Diniz que ajudaram na vitória.

"As mudanças funcionaram, dando mais dinamismo, e o tão esperado gol chegou nos acréscimos. Neymar, e Marquinhos salvou a canarinha de cabeça após um segundo tempo muito cinzento."

Ainda na Espanha, o Mundo Deportivo chamou Marquinhos de 'decisivo' pelo gol e também elogiou a partida feita por Raphinha, atacante do Barcelona, pela movimentação e desempenho ofensivo.

Em Portugal, o jornal A Bola disse que a seleção brasileira 'sorriu' com gol no fim após partida dura contra a seleção peruana.

"O Brasil sofreu esta madrugada para bater o Peru. Um gol de Marquinhos aos 90, na sequência de escanteio cobrado por Neymar (saiu aos 90+3) forneceu o alívio à equipe brasileira em Lima."

Já na América do Sul, o Olé, da Argentina, fez questão de frisar que o Brasil 'não encantou', mas fez o suficiente para vencer e seguir com 100% de aproveitamento ao lado da seleção hermana.

"O Brasil não brilhou, mas no final ganhou do Peru em um escanteio e tem a pontuação ideal junto com a Argentina. Parecia quase um compromisso com o regulamento dos visitantes, reforçado porque o empate convinha ao Peru desde o início da partida. Mas acabou sendo um triunfo visitante. Foi no final e sem brilho, mas...", escreveu.

As eliminatórias voltam em outubro. O time de Diniz encara a Venezuela no dia 12, na Arena Pantanal, e o Uruguai, no dia 17 em Montevidéu.

Próximos jogos do Brasil: