<
>

'Baila': Neymar se posiciona após ataque a Vinicius Jr., que responde e recebe apoio de Bruno Guimarães: 'Esse babaca precisa sair daí já preso'

play
Ancelotti sai em defesa de Vinicius Jr. após reclamações sobre dribles do brasileiro e elogia: 'É um jogador especial' (0:34)

Após a goleada por 4 a 1 sobre o Mallorca, Carlo Ancelotti, teve que sair em defesa de Vinicius Jr. Durante a partida, o brasileiro causou muita irritação aos rivais por suas tentativas de dribles, sendo acusado de fazer "firulas" em campo. (0:34)

Companheiros de Vinicius Jr. na seleção brasileira publicaram mensagens após atacante do Real Madrid ser alvo de mensagem de cunho racista


Alvo de polêmicas nos últimos dias sobre reclamações de dribles e comemorações, Vinicius Jr. foi alvo de um termo racista. O atacante doReal Madrid foi insultado por Pedro Bravo, presidente da Associações de Agentes Espanhóis, que afirmou que o brasileiro deveria parar de 'fazer macaquices'.

A frase dita pelo empresário gerou revolta nas redes sociais e fez alguns companheiros de Vinicius Jr. na seleção brasileira se manifestarem.

O primeiro deles foi Neymar Jr. O camisa 10 do Paris Saint-Germain e do Brasil escreveu 'Baila' no Twitter para dar forças ao amigo. Em seguida, Vini respondeu, postou uma foto em que aparece celebrando um gol da seleção com Paquetá e Ney, e escreveu: 'Sempre!', fazendo referência a não deixar de dançar para comemorar as bolas nas redes.

Em seguida, em tom mais sério, foi a vez de Bruno Guimarães se manifestar. O volante do Newcastle se mostrou revoltado com a expressão utilizada por Pedro Bravo e cobrou punição ao dirigente.

"Esse BABACA precisa sair daí já preso! Não tem desculpa! Se o cara fala isso numa Tv que está ao vivo imagina o que não fala quando não está. Incompreensível se esse cidadão não for preso", escreveu o ex-Athletico-PR.

Pedro Bravo também se manifestou. Após a frase racista, o presidente da Associações de Agentes Espanhóis afirmou que não tinha o intuito de ofender o brasileiro e pediu desculpas.

"Quero esclarecer que a expressão 'brincar de macaco' que usei mal para descrever a dança de comemoração do gol de Vinicius foi feita metaforicamente. Como minha intenção não era ofender ninguém, peço sinceras desculpas. Sinto muito", escreveu o empresário.

Origem de toda a confusão

Na última segunda-feira, a rede de televisão Movistar divulgou imagens de sua câmera de dentro do campo e fez uma leitura labial das palavras de Vinicius Jr. Ele é provocado, provoca também e ouve reprimendas de arbitragem, rivais e até mesmo companheiros.

Em uma das imagens, por exemplo, ele ouve provocações de um rival – a televisão não tinha sua câmera focada nos jogadores do Mallorca – e responde: “Ele fala muito!”.

Posteriormente, reclama ao árbitro: “Não me deixam jogar! Falta, falta, falta... No fim das contas, não jogo.”

Em outras filmagens, o enfrentamento verbal de Vinicius Jr. com os rivais aumenta e gera até atitudes de seus companheiros.

O brasileiro provoca o zagueiro Antonio Raíllo, dizendo “dá outra, dá outra!”, sendo reprimido por Alaba imediatamente.

Na sequência, ele conversa de maneira amistosa com o lateral-esquerdo do Mallorca, Jaume Costa.

Jaume Costa: “Por favor, você está vacilando. Pare, por favor.”

Vini responde: “Estão me batendo a partida inteira.”

Jaume: “Mas só podemos fazer isso.”

Percebendo os ânimos esquentados, Ancelotti tenta intervir. O técnico do Real Madrid é flagrado pela câmera gritando: “Silêncio!”

Mas Vini Jr seguiu com seus enfrentamentos verbais. O brasileiro foi cobrar o técnico do Mallorca, Javier Aguirre, dizendo “Isso não!”. O veterano Toni Kroos até tentou afastá-lo, mas sem sucesso.

“O treinador disse para me pegarem!”, confessou Vinicius Jr. a Nacho, conforme flagrou a leitura labial. O brasileiro teria ficado irritado com a orientação do técnico rival para fazerem faltas nele.

Recado de rival do Atlético de Madrid

Em entrevista ao canal Movistar+ nesta quinta-feira (15), Koke, capitão do time de Simeone, comentou sobre as comemorações de Vinicius Jr e respondeu se a torcida colchonera ficaria irritada com uma possível dancinha do brasileiro.

Haveria confusão, com certeza. É normal. Se no final marca um gol e decide dançar, é o que quis fazer. Se eu entendo ou não? Cada um tem sua forma de ser e celebra os gols como quer'', disse.

O Atlético de Madrid recebe o Real Madrid, no domingo (18), às 16h, pela 6ª rodada de LaLiga. A partida terá transmissão pela ESPN no Star+.