<
>

Renato Gaúcho dá recados ao Grêmio, 'desliga celular' e deixa futuro indefinido para 2024

Renato Portaluppi apresentado como treinador do Grêmio LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

"A partir de quarta, eu entro de férias, aí meu amigo, meu celular vai ficar desligado o tempo todo". Foi assim que Renato Gaúcho respondeu a um contato com a reportagem da ESPN às vésperas da vitória do Grêmio sobre o Fluminense, que garantiu o vice-campeonato do Campeonato Brasileiro.

O técnico ressaltou estava focado apenas no jogo final da temporada, que garantiu o Imortal no G-4 para a disputa da CONMEBOL Libertadores.

Fora de campo, porém, Renato tem situação indefinida em relação ao futuro, já que ainda não renovou contrato e tem permanência incerta para 2024.

O Grêmio já fez uma proposta de renovação ao treinador e aguarda sua resposta para dar andamento ao planejamento da próxima temporada. Renato deixará a definição a cargo de seu empresário.

Antes das férias e de “desligar o celular”, no entanto, Renato deu alguns recados direcionados à direção tricolor, cobrando definição sobre o patamar de investimentos que o clube terá à disposição para a montagem de elenco. Durante 2023, por exemplo, o técnico repetiu algumas vezes que o time teve um corte significativo na folha para a disputa da temporada – e ainda assim entregou ótima campanha.

“Tem que exigir de um grupo ser campeão a partir do momento que a folha de pagamento é de R$ 30 milhões para cima. Aí tem que ver ano que vem o que o clube quer. Disputar títulos, brigar por títulos? Vai ter que investir. ‘Ah, não tem como investir’. Então quem estiver aqui já sabe. Não pensem que o Grêmio vai ganhar a Libertadores ou o Brasileiro. Tem que parar, pensar direitinho e ver onde o clube quer chegar”, disse Renato, na quarta (7), no Maracanã.

“Porque é muito fácil montar um grupo barato e todo mundo querer que seja campeão. Aí tem que trazer o Guardiola aqui, e nem ele vai dar jeito. Na hora do vamos ver, a qualidade faz a diferença. E olhe que esse grupo nós tiramos muito mais do que eu podia imaginar que dava para tirar. Mas isso não vai acontecer toda hora”, complementou.

A questão é que o Grêmio aguarda a definição de Renato para iniciar, de fato, o planejamento para 2024. A intenção da direção é saber quem será o técnico para avançar por eventuais reforços, como indicou também o presidente Alberto Guerra.

“ É importante tomar uma decisão o mais rápido possível. Esperamos resolver isso nos próximos dias para poder seguir o trabalho”, disse o dirigente.

Já é certo que o Grêmio de 2024 não terá o principal jogador de sua campanha de vice-campeão em 2023, com a saída já confirmada de Luis Suárez.

“A partir de agora é com a diretoria, para reconstruir, trazer jogadores dentro do possível e ver o que o Grêmio quer para o ano que vem, onde quer chegar e o que quer fazer. Todo mundo sabe que é necessário reforçar esse grupo. A partir de agora, me deixem em paz que estou de férias. As perguntas têm que fazer para presidente, vice-presidente e executivo do clube”, decretou Renato.