<
>

Flamengo define prioridade e mira mais dois reforços badalados após contratar Everton Cebolinha e Vidal; entenda cenário

Flamengo busca mais reforços no mercado após fechar com Vidal e Cebolinha


Em junho, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, afirmou que o clube estava vivo no mercado. Após contratar Everton Cebolinha e ficar pendente apenas do anúncio oficial de Arturo Vidal, a diretoria segue atrás de reforços da equipe de Dorival Jr..

O setor de meio-campo é tratado como prioridade no Ninho do Urubu. De acordo com informações apuradas pelo ESPN.com.br, a diretoria tratava o chileno como um 'caso à parte', uma oportunidade de mercado. Após a saída de Andreas Pereira, mais dois meio-campistas estariam no radar.

De acordo com informações do repórter Pedro Henrique Torre, dos canais Disney, a intenção é contratar um primeiro volante, principalmente por conta da chance de saída de Willian Arão, alvo do Fenerbahçe. Segundo o site GE, o Flamengo tentou uma compra de 70% dos direitos de Walace, ex-Grêmio e atualmente na Udinese, por R$ 20 milhões, mas o negócio ainda se arrasta.

Além de Walace, o Flamengo também vê Wendel, ex-Fluminense e atualmente no Zenit, como opção a Andreas Pereira. Só que o negócio com os russos está um pouco emperrado, de acordo com apuração ESPN. A negociação é tratada como bastante difícil internamente.

Nas últimas semanas, o nome que perdeu força foi de Agustín Martegani, do San Lorenzo. De acordo com a ESPN Argentina, o Flamengo sondou a situação do jogador, que seria liberado por US$ 4 milhões, algo em torno de R$ 21,3 milhões. A quantia assustou, já que é o jovem argentino de 22 anos é considerado uma aposta, situação diferença de Walace e Wendel.

Atualmente, além de Vidal, o Flamengo conta com os seguintes jogadores para o setor de meio-campo: Arão, João Gomes, Thiago Maia e Diego Ribas. Victor Hugo, meia-atacante de origem na base, foi recuado por Dorival Jr. e vem agradando.