<
>

Após citar Flamengo, Corinthians e mais três times, Abel esbanja sinceridade e diz o que não gosta no Brasil: 'Acho piada'

Treinador português disse que a disputa do Campeonato Brasileiro está ‘enrolada’ e elogiou rivais


Abel Ferreira segue fazendo história com o Palmeiras na Conmebol Libertadores. Na noite da última quarta-feira (6), no Allianz Parque, o Alviverde atropelou o Cerro Porteño na partida de volta das oitavas de final e carimbou a classificação para as quartas de final.

Apesar do grande momento à frente do Palmeiras e do retrospecto recente invejável da equipe, principalmente se tratando de Libertadores, Abel Ferreira fez questão de apontar outros clubes que vêm fazendo bons trabalhos e fez uma crítica à imprensa esportiva, que tende a apontar candidatos ao título, por exemplo, do Campeonato Brasileiro.

“No Brasileiro, estamos ali na luta, como está o Athletico, o Flamengo, o Corinthians, o Fluminense... está tudo embrulhado. Acho piada quando definem os candidatos. Há vários candidatos. O Atlético-MG é um deles, a classificação diz isso. Temos de trabalhar duro, pensar nos adversários para ganhar, seja Libertadores, Copa do Brasil, Brasileiro”, disse o português.

Mesmo com a derrota para o Athletico-PR, no último final de semana, por 2 a 0, no Allianz Parque, o Palmeiras seguiu na liderança do Campeonato Brasileiro com 29 pontos e tentará manter a ponta diante do Fortaleza, neste domingo (10), às 18h, no Castelão. O português admitiu que a sequência é dura e que não é sempre que a equipe conseguirá ganhar.

“Se vamos ganhar sempre? Não, não vamos. Não conheço nenhuma equipe só vencedora. Agora conheço equipes que vencem mais vezes. É o que temos demonstrado com trabalho. Trabalhamos para os nossos torcedores, eles que temos de agradar. Os outros são os outros”, finalizou.

O Palmeiras enfrentará o Atlético-MG nas quartas de final da Libertadores, reedição da semifinal da última edição quando o Alviverde se classificou à decisão graças a regra do gol marcado fora de casa após dois empates. Um por 0 a 0, no Allianz Parque, e outro por 1 a 1, no Mineirão.