<
>

Desgaste pré-decisão e 'gestão de energia': veja como Palmeiras trabalha em meio à maratona de partidas

play
Rony assiste a golaço de bicicleta na Libertadores e desabafa: 'Falei que não ia desistir' (0:54)

Via: @Palmeiras | Palmeiras venceu o Cerro Porteño e avançou na Libertadores (0:54)

Abel Ferreira poupou alguns titulares na vitória por 5 a 0 contra o Cerro Porteño e deverá preservar novamente diante do Fortaleza


O Palmeiras sequer precisou contar com força máxima para golear o Cerro Porteño, do Paraguai, por 5 a 0, e confirmar a classificação para as quartas de final da Conmebol Libertadores, na última quarta-feira (6), no Allianz Parque.

Dos 11 iniciais escalados por Abel Ferreira, cinco nomes não costumam fazer parte do time titular do Palmeiras. São eles: Mayke, Luan, Gabriel Menino, Wesley e Rafael Navarro. O ESPN.com.br apurou com fontes ligadas ao clube que a comissão técnica tem tentado organizar uma ‘gestão de energia’ no elenco em meio à maratona de partidas na temporada.

Além do duelo contra o Cerro pela Libertadores, o Palmeiras ainda terá um desgastante confronto diante do Fortaleza, no domingo (10), às 18h, no Castelão. A tendência é que Abel Ferreira volte a mesclar a escalação com alguns nomes mais descansados.

Por se tratar de uma viagem longa e de um embate físico em um local quente e abafado, os atletas se desgastam mais em relação a uma partida no Allianz Parque, por exemplo, o que faz com que a recuperação também seja diferente.

play
0:54

Rony assiste a golaço de bicicleta na Libertadores e desabafa: 'Falei que não ia desistir'

Via: @Palmeiras | Palmeiras venceu o Cerro Porteño e avançou na Libertadores

A ideia do Palmeiras é chegar ao ponto máximo da preparação física e de energia para a partida diante do São Paulo, na próxima quinta-feira (14), em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, no Morumbi, o Tricolor venceu por 1 a 0 e pode garantir a classificação com um simples empate.

É válido destacar que até mesmo a ‘gestão de energia’ do Palmeiras tem sido prejudicada por conta dos constantes desfalques recentes. Marcos Rocha, que há poucas partidas sentiu uma lesão muscular na coxa, foi preservado das duas últimas partidas após o duelo contra o Cerro Porteño fora de casa.

A ideia da comissão é ter o lateral em campo diante do São Paulo. Marcos Rocha tem sido um dos grandes criadores do Palmeiras na temporada e responsável pela criação de jogadas da equipe com Dudu pelo lado direito.

Além do lateral-direito, Jorge está recém-recuperado após contrair COVID-19, Gabriel Verón sofreu um corte no pé após acidente doméstico e Rafael Navarro sentiu um desconforto na coxa direito, sendo substituído ainda no primeiro tempo da vitória na última quarta.

Recentemente, Raphael Veiga também sofreu uma lesão na coxa, mas este está recuperado e 100% fisicamente, recuperando apenas o ritmo de jogo perdido devido às três semanas de paralisação por conta do problema.

Em meio a três competição, o Palmeiras carrega ainda o desgaste físico de ser a equipe da Série A do futebol brasileiro que mais entrou em campo em 2022. Ao todo foram 46 partidas realizadas e um impressionante desempenho de 32 vitórias, nove empates e apenas cinco derrotas.

O Verdão vai a campo neste final de semana para tentar manter a liderança do Campeonato Brasileiro por mais uma rodada. Em caso de tropeço no Ceará, o Verdão pode ver a ponta ameaçada, uma vez que tem apenas dois pontos de frente para os rivais Athletico-PR e Atlético-MG.