<
>

Melhor lateral do Brasileirão de novo, Arana exalta Atlético-MG e diz o que faltou para fazer sucesso na Europa

Bicampeão do Bola de Prata de melhor lateral-esquerdo do Brasileirão, Guilherme Arana chegou ao Atlético-MG em 2020 após passagens por Sevilla e Atalanta


Pelo segundo ano consecutivo, Guilherme Arana recebeu o Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet como melhor lateral-esquerdo do Campeonato Brasileiro. O jogador de 24 anos foi um dos destaques na campanha do primeiro título brasileiro do Atlético-MG desde 1971.

Começou! Até meia-noite de domingo (12) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Acesse agora e aproveite de graça toda a programação.

Após a premiação, Arana falou sobre a conquista em participação no F90. O lateral disse que o retorno ao Brasil em 2020 o ajudou a crescer no futebol e também analisou por que não conseguiu se firmar na Europa, atuando por Sevilla e Atalanta em 2018 e 2019.

“Conquistei a Bola de Prata ano passado e falei que queria vencer esse ano também. Feliz. Muita felicidade com meu desempenho. Venho da Europa, outra dinâmica de futebol. Retornar para o Brasil foi muito importante para o meu crescimento. Agradeço sempre que posso ao Galo, por abrir as portas, me dar a oportunidade de voltar a mostrar meu futebol”.

“Apesar de que não foi por futebol que não me mantive na Europa, acho que faltou um pouco mais de sequência, mas as coisas acontecem naturalmente. Estou muito feliz pelo meu ano, e quando estamos felizes, a tendência é que as coisas aconteçam. Esse ano, pra mim, está sendo um dos mais especiais”.

Guilherme Arana foi um dos 7 jogadores do Atlético na seleção do campeonato no Bola de Prata, incluindo Hulk, o melhor jogador do Brasileirão. Além deles, Cuca foi premiado como o melhor técnico e Zaracho foi o primeiro estrangeiro eleito a revelação do campeonato.