<
>

Gerson quer ser lembrado por 'era de títulos no Flamengo' e abre o coração para o clube: 'Me ajudou quando mais precisei'

play
Bola de Prata: Gerson vence como um dos melhores volantes; João Guilherme analisa (0:49)

Premiação acontece nesta sexta-feira, 12h, com transmissão dos Canais ESPN e ESPN App (0:49)

Vencedor pelo segundo ano seguido do Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet como um dos melhores volantes do país, Gérson quer entrar para a história do Flamengo. Depois de faturar títulos como Brasileirão, Carioca, Copa Libertadores e Recopa Sul-Americana, o jogador diz que não irá se acomodar no futuro.

"Não só eu, como todos os meus companheiros, não queremos ser lembrados por um título, mas sim por uma era. Queremos continuar conquistamos meus títulos. Espero estar aqui no Flamengo por muito tempo, pois é o clube do meu coração", afirmou.

"Nós vamos continuar trabalhando para conquistar mais títulos. Como o Rogério Ceni disse, nós não queremos ser lembrados só por um título, mas sim por uma era".

Revelado no Fluminense, Gérson foi muito cedo para a Itália, onde jogou por Roma e Fiorentina antes de voltar ao Brasil. Apesar de ser bastante especulado em clubes europeus, o jogador garante estar com a cabeça somente no clube da Gávea.

"Meu pensamento está no Flamengo (e não em voltar para a Europa). O Flamengo foi o clube que me abraçou quando eu mais precisei, que abriu as portas para mim e confiou no meu trabalho. Meu pensamento está aqui no Flamengo. Espero ganhar muitos títulos e voltar aqui (ao Bola de Prata) mais vezes", desabafou.

Torcedor rubro-negro de infância, Gérson diz que está realizando um desejo antigo de sua família.

"A maioria dos jogadores com quem já conversei têm o sonho de jogar no Flamengo, por ser um grande clube, no Rio de Janeiro, com a maior torcida. É um sonho de todo mundo sentir um jogo no Maracanã com 70 mil pessoas. Todo mundo quer sentir essa emoção de estar dentro de um palco histórico e vestindo a camisa do Flamengo", finalizou.