<
>

Flamengo emplaca trio e volta a ter maioria na seleção Bola de Prata do Brasileiro

Depois de duas boas vitórias fora de casa (4 x 2 no Grêmio e 3 x 0 no Sport), o Flamengo voltou forte à disputa do título e recolocou dois jogadores na seleção do 51º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet ao final dessa 33ª rodada.

O lateral-direito Isla, que fez um gol contra o Grêmio, retomou a liderança, deixando o jovem Guga, do Atlético-MG, para trás. Essa disputa, aliás, deverá ser parelha até a 38ª e última rodada.

Já entre os meias, o uruguaio Arrascaeta não só pegou o lugar de Vina, do Ceará, na seleção do Bola de Prata 2020 como também entrou firme na briga pela Bola de Ouro – é o 3º colocado hoje, atrás de Claudinho (Red Bull Bragantino) e Marinho (Santos).

Outra posição que segue bem disputada é a de goleiro. Weverton, do Palmeiras, segue na liderança, mas agora empatado em pontos com Santos, do Athletico-PR, que chegou ao seu 10º jogo sem levar gol na vitória por 2 x 0 sobre o Ceará.

Ao final dessa 33ª rodada, a seleção do Bola de Prata ficou assim: Weverton (Palmeiras), Isla (Flamengo), Gustavo Gómez (Palmeiras), Junior Alonso (Atlético-MG) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Gerson (Flamengo), Edenílson (Internacional), Claudinho (Red Bull Bragantino) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Abel Braga (Internacional).

Volante Martinelli, do Flu, foi o destaque da 33ª rodada

Autor de dois gols na vitória do Fluminense sobre o Goiás por 3 x 0, no Maracanã, o volante Martinelli foi o melhor jogador da 33ª rodada com 7,10 pontos. O jovem volante conseguiu ainda 3 dribles, 4 desarmes e 8 recuperações de bola.

Nessa 33ª rodada, a seleção do Bola de Prata contou também com o experiente zagueiro Réver, que apareceu entre os melhores de uma rodada pela 1ª vez no campeonato. Outro destaque foi o volante Edenilson, do Internacional, que entrou pela 8ª vez na seleção da rodada.

O técnico Rogério Ceni terminou como melhor técnico de uma rodada pela 1ª vez com o Flamengo. Na 11ª rodada, ainda no Fortaleza, ele já havia sido o melhor treinador.

A seleção da 33ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Lomba (Inter); Isla (Flamengo), Réver (Atlético-MG), Nino (Fluminense) e Arana (Atlético-MG); Edenilson (Inter), Martinelli (Fluminense), Everton Ribeiro (Flamengo) e Nenê (Fluminense); Janderson (Atlético-GO) e Carlos Eduardo (Athletico-PR); Técnico: Rogério Ceni (Flamengo).

Prêmio revelação do Brasileirão 2020

Desde a 30ª rodada, a ESPN Brasil passou a divulgar o top-5 do Prêmio de Revelação do 51º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet. Concorrem ao prêmio os jogadores com idade olímpica (até 23 anos em dezembro) e que estejam aptos a levar a Bola de Prata pela primeira vez na carreira, com o mínimo de jogos (19) no Brasileirão 2020. Após a 36ª rodada do campeonato, abriremos no site uma votação com os 3 jogadores com mais pontos. O atleta mais votado levará o prêmio.

Claudinho lidera no momento com 5,69 pontos, seguido de Guga (5,26) e Vina (5,16). Gabriel Menino (5,13) e Abner Vinicius (5,09) fecham o top-5 até o momento.

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.

Seleção Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet 2020 após a 33ª rodada: