<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Flamengo emplaca mais um, e Atlético-MG perde único representante que tinha na seleção

Após a quarta vitória seguida e a segunda marcando quatro gols, o Flamengo, vice-líder do Campeonato Brasileiro, conseguiu emplacar mais um jogador seleção do 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet após a 26ª rodada: o lateral-esquerdo Filipe Luís. Destaque do time nas últimas rodadas, o experiente jogador de 35 anos tomou a liderança de Guilherme Arana, do Atlético-MG, e segue na briga para ganhar sua primeira Bola de Prata. Campeão em 2019, Filipe Luís não atingiu o número mínimo de jogos (19) para ficar com o prêmio no ano passado.

Com a entrada de Filipe, o Flamengo passou a ter agora cinco jogadores na seleção do Bola de Prata, sendo o time com mais representantes, com um a mais que o líder São Paulo. Santos e Palmeiras, com um cada, completam o 11 ideal. Além do lateral esquerdo, o Flamengo tem ainda três jogadores de meio de campo (o volante Gerson e os meias Éverton Ribeiro e Arrascaeta), além de outro lateral (Isla, pela direita).

A seleção do Bola de Prata após a 26ª rodada ficou dessa forma: Tiago Volpi (São Paulo); Isla (Flamengo), Gustavo Gómez (Palmeiras), Diego Costa (São Paulo) e Filipe Luís (Flamengo); Daniel Alves (São Paulo), Gerson (Flamengo), Everton Ribeiro (Flamengo) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Luciano (São Paulo). Técnico: Fernando Diniz (São Paulo)

Edenílson é o melhor da 26ª rodada

Autor de um gol e uma assistência na vitória do Internacional sobre o Palmeiras, por 2 a 0, no Beira-Rio, o volante Edenílson foi o maior pontuador da 26ª rodada, sendo o segundo jogador do time colorado a conseguir essa façanha nesse Brasileirão – Thiago Galhardo foi o melhor na quinta e na sexta rodadas. Com a boa exibição, Edenílson colou em Daniel Alves, o segundo melhor volante (ambos com 5,37 pontos), e segue firme na luta pela Bola de Prata.

Na 26ª rodada, outros destaques entre os cinco maiores pontuadores foram também o goleiro Santos, do Athletico-PR, que foi bem na vitória sobre o Red Bull Bragantino fora de casa; o atacante Pedro, do Flamengo, que entrou no segundo tempo, marcou um gol e deu uma assistência, sendo fundamental na virada sobre o Bahia; o meia Gabriel Sara, autor de um gol na vitória sobre o Atlético-MG na ‘final’ antecipada do campeonato; além do goleiro Fernando Miguel, que ajudou o Vasco na vitória sobre o Santos em São Januário.

A seleção da 26ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Santos (Athletico-PR), Juanfran (São Paulo), Arboleda (São Paulo), Rodrigo Moledo (Interacional) e Filipe Luís (Flamengo); Edenílson (Internacional), Tchê Tchê (São Paulo), Gabriel Sara (São Paulo) e Igor Gomes (São Paulo); Pedro (Flamengo) e Bruno Henrique (Flamengo). Técnico: Fernando Diniz (São Paulo)

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.