<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Veteranos Réver e Nenê entram na seleção, e Keno é o melhor da rodada pela 3ª vez em 5 jogos

Um dos destaques do líder Atlético-MG, o zagueiro Réver entrou na seleção do 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet pela primeira vez em 2020. Aos 35 anos, o vencedor do prêmio em 2012 (pelo próprio Atlético) e em 2016 (pelo Flamengo), Réver ganhou a posição do companheiro Junior Alonso – que está com a seleção paraguaia nas Eliminatórias da Copa –, ao final dessa 15ª rodada do Brasileirão.

Outra novidade na seleção do Bola de Prata é a volta do meia Nenê, outro veterano que atravessa uma grande fase. Autor do gol da vitória do Fluminense sobre o Bahia, o jogador de 39 anos tem 7 gols no Brasileirão e 19 na temporada 2020.

Com a entrada de Nenê, a seleção do Bola de Prata conta agora com dois jogadores do Fluminense – o volante Dodi é outro. Assim, o tricolor carioca passa a ser um dos times com mais jogadores no time ideal do campeonato, ao lado de Atlético-MG, Flamengo e Internacional, que têm dois cada. Botafogo, Palmeiras e Santos têm um jogador cada. O líder Galo conta ainda com o técnico Sampaoli como o melhor. Já o Colorado tem Thiago Galhardo, o artilheiro do Brasileirão com 13 gols e o atual Bola de Ouro.

A seleção do Bola de Prata após a 15ª rodada ficou assim: Gatito Fernández (Botafogo), Saravia (Internacional), Gustavo Gómez (Palmeiras), Réver (Atlético-MG) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Dodi (Fluminense), Gerson (Flamengo), Nenê (Fluminense) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG).

Keno é o melhor da rodada pela 3ª vez nas últimas 5 rodadas

Melhor jogador da 11ª e da 12ª rodada, quando marcou 3 gols em cada, o atacante Keno, do Atlético-MG, voltou a ser o maior pontuador da rodada no Bola de Prata. Autor de um gol e uma assistência na vitória do líder Galo sobre o Goiás por 3 x 0, Keno participou ainda do terceiro gol. Em grande fase, Keno tem agora 8 gols e 2 assistências, sendo o 3º melhor atacante do campeonato.

Nessa 15ª rodada, destacaram-se também o lateral esquerdo Reinaldo, do São Paulo, que marcou um gol no clássico contra o Palmeiras na primeira vitória do tricolor no Allianz Parque após nove jogos; e o atacante Marinho, que fez os dois gols da vitória do Santos sobre o Grêmio por 2 x 1 na Vila Belmiro.

Entre os cinco maiores pontuadores da rodada entraram também o volante Caio Alexandre, do Botafogo, que marcou seu 4º gol no Brasileirão, na vitória sobre o Sport, fora de casa (2 x 1), e o meia Nenê, do Fluminense.

A seleção da 15ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Éverson (Atlético-MG), Igor Vinícius (São Paulo), Digão (Fluminense), Lucas Veríssimo (Santos) e Reinaldo (São Paulo); Luan (São Paulo), Caio Alexandre (Botafogo), Fernando Sobral (Ceará) e Nenê (Fluminense); Marinho (Santos) e Keno (Atlético-MG). Técnico: Fernando Diniz (São Paulo).

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.