<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Gerson, do Flamengo, entra pela 1ª vez na seleção 2020, e Thiago Galhardo, do Inter, amplia vantagem

play
Organizada do Goiás vai ao CT do clube e faz reunião com jogadores (1:32)

Torcedores cobraram o elenco pelos resultados negativos no Campeonato Brasileiro (1:32)

Vencedor do Bola de Prata em 2019, o volante Gerson fez mais uma grande exibição pelo Flamengo na última rodada e entrou pela primeira vez para a seleção do 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet em 2020. Mostrando muita regularidade e técnica, o jogador vem subindo de produção com o time, que já encostou no líder Atlético-MG.

Ao final dessa 14ª rodada, a seleção do Bola de Prata teve mais duas mudanças: a entrada do zagueiro Junior Alonso, do Atlético-MG, e a volta do goleiro Gatito Fernández, do Botafogo. Titulares da seleção paraguaia nessa quinta-feira (8), na estreia das eliminatórias, os dois não atuaram na rodada o meio de semana do Brasileirão, mas foram beneficiados já que Luan Polli (Sport) e Leandro Castán (Vasco), foram derrotados – ambos perderam por 3 a 0.

Com a entrada dos dois paraguaios, a seleção do Bola de Prata volta a ser dominada por estrangeiros, com seis gringos entre os 11 melhores, além do técnico Jorge Sampaoli. Na defesa, apenas o lateral esquerdo Guilherme Arana é brasileiro.

Já na disputa pela Bola de Ouro, Thiago Galhardo segue folgado na liderança. Com dois gols na vitória do Inter sobre o Bragantino, o atacante se isolou ainda mais na artilharia da competição (12 gols) e aumentou sua vantagem para Marinho, o segundo colocado (5,90 x 5,66).

A seleção do Bola de Prata após a 14ª rodada ficou assim: Gatito Fernández (Botafogo), Saravia (Internacional), Gustavo Gómez (Palmeiras), Junior Alonso (Atlético-MG) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Dodi (Fluminense), Gerson (Flamengo), Benítez (Vasco) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG)

Gabriel Sara é a destaque da seleção da 14ª rodada do Bola de Prata

Autor de um gol e uma assistência na vitória do São Paulo sobre o Atlético-GO por 3 a 0, o meia Gabriel Sara foi o maior pontuador da 14ª rodada do Brasileirão no Bola de Prata, sendo o primeiro jogador do tricolor a terminar uma rodada na liderança.

O centroavante Brenner, que marcou dois gols, foi outro são-paulino a figurar no top-5 dos maiores pontuadores dessa 14ª rodada, ficando na 5ª colocação. Nessa lista, entraram ainda o atacante Clayson, do Bahia (um gol e um assistência na vitória de 3 a 0) e dois flamenguistas: os atacantes Pedro e Bruno Henrique. Na vitória sobre o Sport, 3 a 0 no Maracanã, Bruno Henrique deu as duas assistências para os dois gols de Pedro.

Nessa 14ª rodada, outros destaques que entraram na seleção da rodada foram o goleiro Diego Cavalieri, que pegou um pênalti de Willian na vitória do Botafogo que quebrou a invencibilidade do Palmeiras, além do volante Hudson, do Fluminense, que deu duas assistências na vitória sobre o Goiás por 4 a 2.

A seleção da 14ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Diego Cavalieri (Botafogo), Tinga (Fortaleza), David Braz (Grêmio), Gustavo Henrique (Flamengo) e Filipe Luís (Flamengo); Caio Alexandre (Botafogo), Hudson (Fluminense), Nenê (Fluminense) e Gabriel Sara (São Paulo); Pedro (Flamengo) e Clayson (Bahia). Técnico: Rogério Ceni (São Paulo).

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.

Seleção Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet 2020 após a 14ª rodada: