<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Fluminense domina 12ª rodada e Patrick de Paula entra para seleção geral

play
Odair diz que observa críticas ao Fluminense, mas não toma decisão 'por pressão': 'Não entrego a cabeça de ninguém' (1:53)

Time tricolor se recuperou da eliminação na Copa do Brasil com vitória sobre o Coritiba por 4 a 0 no Brasileiro (1:53)

Um dos destaques do Palmeiras na temporada 2020, o volante Patrick de Paula fez um gol no empate contra o Flamengo e entrou para a seleção do 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet ao final da 12ª rodada do Brasileirão.

Aos 21 anos, Patrick, que subiu ao profissional do Verdão em 2020, se destacou na reta final do Paulistão, onde fez o gol do título na disputa por pênaltis contra o Corinthians. No Brasileirão, marcou um gol no clássico contra o Santos e agora contra o Flamengo. Com o volante, o Palmeiras passa a ter dois integrantes na seleção do Bola de Prata – o zagueiro Gustavo Gómez, vencedor do prêmio em 2019, é o outro.

Líder do campeonato, o Atlético-MG tem apenas o lateral esquerdo Guilherme Arana e o técnico Jorge Sampaoli na seleção, mas outros jogadores estão se aproximando dos primeiros colocados, como o zagueiro Junior Alonso e o atacante Keno, que voltou a marcar 3 gols num jogo só e foi novamente o melhor da rodada.

Já o atacante do Internacional Thiago Galhardo, artilheiro do campeonato, fez um gol contra o São Paulo e manteve sua liderança também no Bola de Ouro como o melhor jogador do Brasileirão.

A seleção do Bola de Prata após a 12ª rodada ficou assim: Gatito Fernández (Botafogo), Saravia (Internacional), Gustavo Gómez (Palmeiras), Leandro Castán (Vasco) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Patrick de Paula (Palmeiras), Dodi (Fluminense), Benítez (Vasco) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG)

Fluminense domina a seleção da 12ª rodada

Ao aplicar a maior goleada do Brasileirão de 2020 (4 x 0 sobre o Coritiba), o Fluminense terminou a 12ª rodada com o maior número de jogadores na seleção da rodada do Bola de Prata. Foram cinco: o lateral direito Igor Julião (que deu uma assistência), os zagueiros Matheus Ferraz e Nino (que marcou um gol), o volante Dodi e o meia Michel Araújo (que abriu o placar da goleada com um golaço de fora da área).

Nessa 12ª rodada, o goleiro Santos e o lateral esquerdo Abner Vinícius, ambos do Athletico-PR, entraram na seleção da rodada do Bola de Prata pela primeira vez no campeonato. Santos defendeu um pênalti de Clayson, do Bahia, enquanto Abner fez uma assistência para o gol de Christian na vitória por 1 x 0.

Outros destaques da rodada foram o meia Arrascaeta, que liderou o time de jovens do Flamengo no empate contra o Palmeiras, e o atacante Savarino, do Atlético-MG, que deu uma assistência na vitória contra o Grêmio no sábado. Já o atacante Keno, com outro hat-trick, foi novamente o maior pontuador da rodada.

A seleção da 12ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Santos (Athletico-PR), Igor Julião (Fluminense), Matheus Ferraz (Fluminense), Nino (Fluminense) e Abner Vinícius (Athletico-PR); Patrick de Paula (Palmeiras), Dodi (Fluminense), Michel Araújo (Fluminense) e Arrascaeta (Flamengo); Savarino (Atlético-MG) e Keno (Atlético-MG). Técnicos: Jorge Sampaoli (Atlético-MG) e Jordi Guerrero (Flamengo)

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas