<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Keno é destaque da 11ª rodada, e estrangeiros dominam seleção do campeonato

play
"Marcos Braz e Bruno Spindel foram enganados", diz ex-Flamengo sobre Torrent (0:52)

Alejandro Mancuso, em entrevista ao ESPN.com.br, falou sobre a expectativa não concretizada sobre a chegada do espanhol. Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo (0:52)

Ao final da 11ª rodada do Brasileirão 2020, o 51º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet tem dois novos integrantes na seleção do campeonato: o goleiro paraguaio Gatito Fernández (do Botafogo) e o meia uruguaio Arrascaeta (do Flamengo), que entraram nas vagas de João Paulo (Santos) e Patrick (Internacional).

Assim, a seleção do Bola de Prata tem agora cinco jogadores estrangeiros, além do técnico argentino Jorge Sampaoli, formando 50% do time ideal do Brasileirão. Além de Gatito e Arrasca, estão ainda o lateral direito Saravia (argentino), o zagueiro Gustavo Gómez (paraguaio) e o meia Martín Benítez (argentino).

Em 2019, a seleção do Bola de Prata contou com três estrangeiros entre os vencedores Gustavo Gómez e Arrascaeta (que estão também no time atual de 2020), além do técnico Jorge Jesus.

A seleção do Bola de Prata após a 11ª rodada ficou assim: Gatito Fernández (Botafogo), Saravia (Internacional), Gustavo Gómez (Palmeiras), Leandro Castán (Vasco) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Edenílson (Internacional), Dodi (Fluminense), Benítez (Vasco) e Arrascaeta (Flamengo); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG)

Com 3 gols, Keno é o destaque da 11ª rodada no Bola de Prata

Primeiro jogador a marcar três gols em um único jogo nesse Brasileirão, o atacante Keno foi o maior pontuador da 11ª rodada no Bola de Prata. Com 7,42 pontos, o jogador do líder Atlético-MG garantiu a vitória fora de casa sobre o Atlético-GO e terminou com a segunda maior pontuação individual desse campeonato, atrás apenas de Arrascaeta (7,53 na 7ª rodada).

Ainda nessa 11ª rodada, a seleção do Bola de Prata teve como destaques o meia Bruno Tubarão e o atacante Alerrandro, do Red Bull Bragantino, com um gol e uma assistência cada na vitória sobre o Ceará por 4 x 2; além o volante Felipe, que fez o gol da vitória do Fortaleza sobre o então líder Inter, e o goleiro Luan Polli, destaque na vitória do Sport sobre o Fluminense.

A seleção da 11ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Luan Polli (Sport), Fágner (Corinthians), Léo Ortiz (Bragantino), Iago Maidana (Sport) e Carlinhos (Fortaleza); Felipe (Fortaleza), Roni (Corinthians), Bruno Tubarão (Bragantino) e Nathan (Atlético-MG); Keno (Atlético-MG) e Alerrandro (Bragantino). Técnico: Rogério Ceni (Fortaleza)

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.