<
>

Prêmio ESPN Bola de Prata: Guilherme Arana, Dodi e Benítez voltam para a seleção

play
Atlético-MG, Internacional ou Palmeiras: qual clube pode ir mais longe no Brasileirão? Linha de Passe analisa (5:28)

Comentaristas discutiram quem tem o maior teto para evoluir na temporada (5:28)

Após vencer o Red Bull Bragantino por 2 a 1, o Atlético-MG foi o grande beneficiado da 10ª rodada com os tropeços dos rivais da parte de cima da tabela. Vice-líder do campeonato, o Galo conseguiu ainda emplacar dois representantes na seleção do 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet depois da vitória no Mineirão: o lateral esquerdo Guilherme Arana e o técnico Jorge Sampaoli, que deixou o Eduardo Coudet para trás.

Ao final dessa 10ª rodada, a seleção do Bola de Prata teve também a volta de dois outros jogadores: o meia argentino Benítez, do Vasco, e o volante Dodi, do Fluminense.

Destaque do clássico contra o Botafogo, na vitória por 3 a 2, Benítez pegou a vaga de Arrascaeta, que não atuou na derrota do Flamengo para o Ceará. Já Dodi, que foi bem na vitória do Fluminense sobre o Corinthians, deixou Rodrigo Lindoso, que começou no banco na derrota do Inter para o então lanterna Goiás.

A seleção do Bola de Prata após a 10ª rodada ficou assim: João Paulo (Santos), Saravia (Internacional), Gustavo Gómez (Palmeiras), Leandro Castán (Vasco) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Edenílson (Internacional), Dodi (Fluminense)), Benítez (Vasco) e Patrick (Internacional); Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Técnico: Jorge Sampaoli (Atlético-MG)

Ceará domina seleção da 10ª rodada do Bola de Prata

Com a vitória sobre o Flamengo por 2 a 0, o Ceará foi o clube com mais jogadores na seleção na 10ª rodada no 51º Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

Além do técnico Guto Ferreira, entraram também o lateral direito Samuel Xavier, os zagueiros Luiz Otávio (que fez um gol) e Tiago Pagnussat, e o volante Charles (outro que também marcou gol).

Nessa 10ª rodada, o maior pontuador foi o jovem atacante Matheus Babi, do Botafogo, que marcou dois gols no clássico contra o Vasco.

No top-5 da rodada, entraram também outros dois jogadores que marcaram dois gols: Nenê, na vitória sobre o Corinthians, e o meia Gabriel Sara, do São Paulo, que fez dois gols no empate com o Santos.

Tadeu, que fechou o gol do Goiás na vitória sobre o líder Inter, e Guilherme Arana, completaram a lista dos melhores.

A seleção da 10ª rodada do Bola de Prata ficou assim: Tadeu (Goiás), Samuel Xavier (Ceará), Luiz Otávio (Ceará), Tiago Pagnussat (Ceará) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Charles (Ceará), Marcos Júnior (Vasco), Nenê (Fluminense) e Gabriel Sara (São Paulo); Matheus Babi (Botafogo) e Keno (Atlético-MG). Técnico: Guto Ferreira (Ceará)

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.