<
>

Bola de Prata: Flamengo perde Diego Alves, mas agora 'goleia' o Palmeiras na seleção

play
Bola de Prata: Veja a seleção após 22 rodadas do Campeonato Brasileiro (0:57)

O Flamengo é o time com mais jogadores na premiação (0:57)

Um dos destaques do líder Flamengo após a parada da Copa América, o lateral direito Rafinha entrou na seleção do 50º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

Aos 34 anos, o ex-jogador do Bayern de Munique tem quatro assistências em 11 jogos disputados e vem sendo um diferencial na equipe do técnico português Jorge Jesus.

Outro rubro-negro que também entrou na seleção do Bola de Prata após atingir o número mínimo de jogos foi o zagueiro espanhol Pablo Marí, que ganhou a vaga na seleção do campeonato do argentino Víctor Cuesta, do Internacional.

Gringos e 'goleada' rubro-negra

Vale lembrar que desde a primeira edição da honraria, em 1970, apenas dois jogadores europeus ganharam a Bola de Prata: o sérvio Petkovic (em 2004, pelo Vasco da Gama, em 2005, pelo Fluminense, e em 2009, pelo Flamengo) e o holandês Seedorf (em 2013, pelo Botafogo).

Assim, o Flamengo não só deu o troco como agora 'goleia' o Palmeiras por 6 a 3 na briga particular que os dois clubes travam pelo maior número de atletas no time ideal do Brasileiro.

Na rodada anterior, a equipe paulista havia colocado dois jogadores na lista, reduzido a sobra do clube carioca (que fechou a 20ª rodada com sete integrantes) e emparelhado a disputa (5 a 4).

Mas agora Marcos Rocha e Diego Alves saíram da lista, ao passo que, como colocado acima, Rafinha e Pablo Marí entraram.

'Intrusos'

E em uma seleção amplamente dominada por Flamengo e Palmeiras, qualquer outro jogador de um clube diferente que consiga entrar pode ser considerado um 'intruso'.

Um deles é o goleiro Douglas Friedrich, do Bahia, que volta à seleção nesta 22ª rodada após tomar a posição de Diego Alves, do Flamengo. O arqueiro tricolor não levou gol nessa jornada (vitória sobre o Avaí por 2 a 0) e chegou ao seu 12º jogo sem ser vazado em 22 partidas disputadas – três a mais que Cássio, do Corinthians, e Weverton, do Palmeiras.

O outro 'intruso' é Jorge, lateral-esquerdo do Santos e que tem como concorrentes mais próximos Reinaldo, do São Paulo, e Diogo Barbosa, do Palmeiras.

A seleção do Bola de Prata após a 22ª rodada ficou assim: Douglas Friedrich (Bahia), Rafinha (Flamengo), Gustavo Gómez (Palmeiras), Pablo Marí (Flamengo) e Jorge (Santos); Willian Arão (Flamengo), Bruno Henrique (Palmeiras) e Éverton Ribeiro (Flamengo); Dudu (Palmeiras), Arrascaeta (Flamengo) e Gabriel (Flamengo).

Seleção Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet 2019 após a 22ª rodada: