<
>

Nino Paraíba entra na seleção do Bola de Prata ESPN do Brasileirão 2019

play
'Existe a chance do Flamengo disparar e sobrar no campeonato', analisa Birner (1:22)

Time rubro-negro lidera o Campeonato Brasileiro com 39 pontos em 18 partidas (1:22)

Autor de um dos gols do Bahia na vitória sobre o Vasco da Gama, por 2 x 0, em São Januário, o lateral direito Nino Paraíba aumentou sua pontuação, superou Marcos Rocha (Palmeiras) e Fágner (Corinthians) e entrou para a seleção do 50º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet ao final da 18ª rodada.

O tricolor baiano, que não perde há oito rodadas e vem de três vitórias seguidas no Brasileirão, tem agora dois representantes na seleção do Bola de Prata – o goleiro Douglas Friedrich, que chegou ao 10º jogo sem levar gol é o outro que lidera em sua posição.

O líder Flamengo, que venceu seu quinto jogo seguido, segue como o time com mais jogadores na seleção do Bola de Prata (cinco). O Internacional vem com dois representantes (Cuesta e Lindoso). Já Santos (Jorge) e Palmeiras (Dudu) têm um jogador cada no time ideal da competição. Vale lembrar que os jogadores com menos de nove jogos disputados não entram nessa última parcial e aqueles que deixaram o Campeonato Brasileiro não estão mais na disputa pelo prêmio.

A seleção do Bola de Prata após a 18ª rodada ficou assim: Douglas Friedrich (Bahia), Nino Paraíba (Bahia), Rodrigo Caio (Flamengo), Víctor Cuesta (Internacional) e Jorge (Santos); Rodrigo Lindoso (Internacional), Willian Arão (Flamengo) e Éverton Ribeiro (Flamengo); Dudu (Palmeiras), Arrascaeta (Flamengo) e Gabriel (Flamengo).

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.

Veja os melhores de cada posição na disputa do prêmio: